Você é Mãe? Agora aguenta!

criticas

Acredite! Você, Mãe, será ABSURDAMENTE criticada e atacada com trocentas pedras se disser QUE:

  • É “mãe de cesária”;
  • Não conseguiu amamentar e oferece fórmula infantil na mamadeira;
  • Faz uso da cama compartilhada;
  • Oferece ao bebê papinha industrializada;
  • Deixa o bebê assistindo TV enquanto cozinha, arruma a casa, etc.;
  • DEIXA o bebê chorando, berrando e se descabelando na hora de dormir, pois ele tem que aprender a dormir sozinho;
  • NÃO DEIXA o bebê chorando na hora de dormir e pega logo no colo;
  • Sacode, canta, dança e faz mil estrapolias para ele conseguir dormir;
  • Não faz o bebê arrotar nas mamadas da madrugada (e em nenhuma outra também);
  • NÃO SE desespera quando o bebê está chorando sem (ou com) motivo aparente;
  • SE desespera quando o bebê está chorando sem (ou com) motivo aparente;
  • Agasalha demais o bebê;
  • Deixa o bebê praticamente pelado (mesmo no calorão);
  • Deixa o bebê fazer o peito de chupeta;
  • Dá banho tarde da noite;
  • Coloca o bebê na creche ou deixa com a babá com poucos meses de vida;
  • Sai para passear com o bebê com menos de um mês de vida;
  • Come pimenta, chocolate e bebe refrigerante mesmo amamentando exclusivamente no seio;
  • Espera alguns minutos para trocar a fralda depois que o bebê fez cocô (Tem que trocar no mesmo segundo!);
  • DÁ o peito sempre que o bebê pede;
  • NÃO dá o peito sempre que o bebê pede;
  • Perde a paciência;
  • Chama o bebê, mesmo carinhosamente, de “malinha sem alça”, “pentelhinho”, chatinho ou arteirinho (só pode chamar de fofo, gostoso, lindo, amorzinho, etc.);
  • DEIXA o bebê usar chupeta;
  • NÃO DEIXA o bebê usar chupeta;
  • Amamenta o bebê no seio por um tempo muito prolongado (Bebê andando e com dente ainda mamando?);
  • Dorme;
  • Come;
  • Respira;
  • Vive;

É, não tem solução! Só o fato de você existir já é motivo para ser severamente criticada! Hahaha! É como se todos soubessem o que é melhor para o seu filho, menos você!

Para todas as “mães de merda”, assim como eu! Tamo junto! Hahaha!

P.S.: Antes que me perguntem e me julguem (rs), eu não faço TUDO isso aí não! Algumas coisas sim, outras já não acho tão bacana, digamos assim. Mas não julgo quem faz! Cada um sabe o que é melhor pra sua família! Essa é a grande questão! Posso ser contra o uso da chupeta na MINHA casa. Mas se você dá chupeta ao seu filho e encontra grandes benefícios nisso, quem sou eu pra falar qualquer coisa? Cada um sabe onde seu calo aperta!

 

 

4 pessoas curtiram.

Psicóloga. Apaixonada por cinema, viagens, gastronomia e decoração. Mamãe da Giulia.

Comentários

  1. jessica aline Diz::

    eu sou criticada a todo instante pela minha sogra
    como se ela soubece cuidar de criança todos dizem
    que ela deixava os filhos em qualquer lugar para poder beber não gosto
    de criticar as pessoas mas não gosto que fiquem me criticando tambem

  2. Ana Paula Diz::

    Hahahaha, ai Pri, tô rindo aqui, vc tem razão, o que é legal na MINHA casa pode não ser na das outras pessoas e vice versa, o fato é que quando nasce um bebê, nasce uma mãe, um pai, tios, tias, avós, avôs, madrinhas e padrinhos, rsrs…e lógico que tbm sempre tem uma colega, uma vizinha, a tia da padaria pra dizer oq pode e oq não pode…Acho que tudo depende de bom censo, da mãe da criança e de quem vai dar o “conselho” rsrs…Eu por exemplo, fico pra morrer se vejo uma mãe amamentando e se alimentando de forma inadequada (pimenta, chocolate, refri, kkk)…mas a gente tem que saber de que forma se expressa né, se não, tá feita a discórdia! De qqe forma, a questão de comer porcaria amamentando, acho que a maioria das pessoas criticam pq na verdade faz mal pro nenenzinho né? Afinal a mãe fica lá deliciada com a sua barra de chocolate e sua garrafa de coca cola (diga-se de passagem pq é a pior nesse caso) e a pobre da criança que sente cólica depois…E isso é verdade, pode pesquisar! Huahsaushuhashaushaush….E se eu vejo isso, eu brigo mesmo, mas brigo com amor que é pra não perder a amiga! 😉

    • Priscilla Diz::

      Pois é Ana! Acho que é tudo uma questão de COMO a pessoa fala!
      Esses dias fui com a minha mãe no salão de beleza e enquanto ela fazia a sobrancelha, eu fiquei brincando com a Giulia…beijava a barriguinha, cheirava o pescocinho…nada demais! Só que uma hora ela vomitou e no mesmo instante a mulher que fazia a sobrancelha da minha mãe praticamente gritou: “Também né?! Você fica sacudindo a criança!” Ela falou super indignada! Daí quando eu peguei a fraldinha pra limpar a boca da pequena, ela emendou: “Não vai deixar o pano da menina fedido né? Pega um papel!” (Oi? Paninho de boca não serve pra isso?). Nossa, fiquei muito brava! Hahaha! Quem era ela pra falar daquele jeito comigo?
      Acho que as pessoas têm que cuidar mais da própria vida…haha! Também não acho legal um monte dessas coisas que listei aí em cima (coloquei justamente por serem as coisas mais polêmicas, como a comida, por exemplo), mas quando falo é pra dar um conselho de forma carinhosa e amigável. E também não é pra qualquer um que falo…tem q ser amigo ou parente, alguém próximo! Não entendo pq manicures, padeiros, porteiros, vizinhos precisam se meter e apontar o dedo!
      Maaaass, aos poucos eu vou aprendendo a não dar bola! Hehehe
      Beijooooo Ana!!! Adoro quando vc participa! 😉

  3. Aline Mendes Diz::

    Estou gravida de 5 meses e apesar de ainda nao esta com my baby nos meus braços,ja escuto milhões de besteiras de pessoas…rsrs…é incrível como te falam coisas como se fossem especialistas no assunto nao é??fico muito chateada as vezes tenho que contar até 10 pra nao falar o que nao devo…”Ai Jesus”!!!bjs Prí…

    • Priscilla Diz::

      Sem querer te desanimar Aline, mas depois que o baby nasce as coisas pioram! Hahahaha!
      O negócio é não dar bola, mesmo sendo hiperrrr difícil! rs
      E tbm conseguimos achar muito conselho bacana no meio de tanta critica! Ainda bem né? rs
      Beijos querida!!!

  4. Emilene Diz::

    Oi Priscilla.
    Vi a foto da Giula e ela é realmente uma graça, parabéns!
    Então, ainda faltam +/- 3 meses para o Murilo nascer e não é de hoje que já escuto alguns conselhos que mais parecem decisões já tomadas pelas outras pessoas, em alguns momentos chego à pensar que caso eu tome alguma decisão contrária estarei cometendo o maior dos erros. Falando a verdade, sou mãe de 1ª viagem e sei que tenho muuuuuuitas coisas à aprender, muuuuitos conselhos para ouvir, alguns destes conselhos deverei aceitar e outros deverei respirar fundo para não me aborrecer. Já estou tentando me preparar psicologicamante para esta tarefa e estou torcendo para ser fácil.

    • Priscilla Diz::

      É bem isso Emilene, tem que ir se preparando desde já! Hehehe.
      Mas, sem dúvida, têm muitos conselhos e dicas bacanas que o pessoal dá por aí!
      Aprendi muita coisa com a minha mãe, algumas amigas mamães e alguns parentes!
      Agora aqueles palpites furados e aquelas críticas grosseiras e sem fundamento, temos que deixar entrar por um ouvido e sair pelo outro. Não vale a pena se aborrecer!
      As pessoas podem falar o que for, mas criaremos nossos filhos da NOSSA maneira e não da maneira DELAS!
      Beijinhos!

  5. Tina Diz::

    Adorei este post!

Deixe seu comentário

*