Uma mãe e vários hematomas

Giulia Kill Bill

Giulia Kill Bill

A Giulinha é uma bebê super carinhosa, amorosa e delicada! Só que não!

A criaturinha tem amor de mula, nunca vi! Tem uma força que só e me deixa completamente destruída em poucos segundos!

Entre as suas carícias e delicadezas estão:

– Puxar com tudo o meu cabelo;

– Arrancar os meus óculos com a maior força do mundo e quase enfiar a haste no meu olho;

– Me arranhar inteira;

– Morder meu seio, meu ombro, meu braço, minha barriga, meu dedo… A danadinha é tão rápida que quando menos se espera ela já tá arrancando um pedaço da minha carne com um belo nhac. Mas se ela só mordesse tudo bem, o problema é que ela morde e puxa a pele com tudo, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Tenho tantas marcas roxas no corpo que as pessoas devem achar que apanho do meu marido, só pode;

– Dar vários (digo, VÁRIOS!) tapas na minha cara! Às vezes ela acha que meu lindo rostinho nada mais é do que um belo de um pandeiro…é um tapa seguido do outro;

– Pisar nas minhas gordurinhas e no meu seio, principalmente quando estamos deitadas. Na cabeça dela eu, o colchão, o travesseio e o tapete somos tudo da mesma “laia”. Ela não tá nem aí, me pisa, me empurra e, consequentemente, me machuca! Esmagar as gordurinhas é dolorido demais né gente? Haha

Viram só como minha pequenina é (quase) uma lady?! Um amor de bebê, delicada que só ela! Haha

Mas me digam uma coisa, sou a única mãe cheia de hematomas? Haha!

 P.S: Antes que alguém me entenda mal (tem louco pra tudo nesse mundo, fala sério!), não quis dizer que minha filhota faz tudo isso por maldade! Ela é apenas um bebê…um bebê que não tem noção da força que tem. Em relação às mordidas é super natural, uma vez que o quinto dentindo já está aparecendo e judiando! Tadinha, ela quer aliviar a dor de qquer maneira. E os tapas nada mais são do que carinhos. É a forma que ela encontra de brincar comigo e com o papai de manhã! 😉

 

5 pessoas curtiram.

Psicóloga. Apaixonada por cinema, viagens, gastronomia e decoração. Mamãe da Giulia.

Deixe seu comentário

*