Dicas de Lembrancinhas para Chá de Bebê

Quem está preparando seu chá de bebê e ainda não pensou nas lembrancinhas pode ser que esse post dê uma luz!

Eu dei uma pesquisada em algumas sugestões pensando no chá de bebê onde a maioria das convidadas são mulheres adultas. Mas algumas dessas lembrancinhas podem ser usadas como lembrança de nascimento, batizado e até mesmo de aniversário. Não curto muito aquelas lembrancinhas tipo neném/chupeta/fralda de gesso, íman de geladeira ou enfeitinho que a maioria das pessoas acabam jogando na gaveta. Não adianta a gente ficar pensando que a pessoa vai guardar a lembrancinha pra sempre porque não vai, eu mesma não faço isso (amigas não fiquem bravas comigo! haha). Eu sou daquelas que gosta de dar (e receber) lembrancinhas úteis, que as pessoas consumam ou usem por algum tempo. Você usa e depois só guarda a tag que, por ser um papelzinho, não ocupa nada de espaço.

Então vamos às dicas. A primeira é Tic Tac personalizado. Acho que a maioria das pessoas leva uma balinha na bolsa, achei muito legal, fofa e útil essa lembrancinha.

tictacpersonalizado

Bloquinho de anotações são super úteis também, muita gente também leva na bolsa ou deixa perto do telefone em casa.

bloquinho Quando eu olhei pela primeira ves essa lembrancinha achei meio estranha, mas pensando melhor pode ser MUITO legal. Quem não precisa de um álcool em gel na bolsa pra higienizar as mãos quando não temos como lavar as mãos com água e sabão,  até mesmo antes de pegar um bebezinho?! É útil minha gente, acreditem!alcoolemgel Mini aromatizador é bem legal também, quem não gosta de um ambiente cheirosinho?! Nessas lembrancinhas com aroma acho que não precisa necessariamente ser cheirinho de bebê, pode ser com aroma de morango, baunilha ou o que você achar mais agradável.mini-aromatizador-personalizadoProtetor ou hidratande labial é demais gente, eu pelo menos uso muito! E fica uma graça né?!
protetor labial Vela aromatizada também é uma dica legal, essas coisas com cheirinho são bem legais em geral!vela aromatizada Sachê pra colocar nas gavetas e no guarda roupa, acredito que as pessoas usem muito também. Quem não gosta de um cheirinho bom nas roupas?!sache Brigadeiro de colher, dispensa comentários né?! Maravilhoso! hehepote brigadeiro Hidratante para mãos ou corpo, além de uma embalagem fofa é pequenininho e cabe em qualquer lugar. Ótimo para levar na bolsa!hidratante O que eu mais gostei nessa lembrancinha foi a embalagem, muito bonitinha! Vi por aí ela contendo hidratante para mãos ou hidratante labial. Depois a pessoa pode usar a embalagem pra guardar uma sombra em pó ou encher novamente com um creminho.crememaos Barra de chocolate personalizada também é muito legal porque agrada quase todo mundo e é lindo demais né?!chocolate personalizado Caixinhas com bombom ou balas. Essa também gostei bastante da embalagem, e você pode usar a criatividade e inventar o que quiser pra colocar dentro dela! Mas bombons ou balas vão bem heim?!caixinhadebombom Bisnaga de brigadeiro é super gostoso e fica lindo também!bisnagabrigadeiro Latinhas personalizadas. Vi essas latinhas com várias coisas dentro, sabonetinhos, velas, confete… Você pode colocar  que quiser que fica uma graça!latinhapersonalizada Tubetes estão sendo muito usados, principalmente com confete. Mas já vi com amendoins doces, fica lindo também!

tubete-acrilico-contendo-confetti

Gostaram das dicas mamães? Vocês tem alguma outra ideia de lembrancinha? Conta aí pra gente!

 

29 pessoas curtiram.

Ensaio Monica, Cristian e Arthur.

Essa é a mamãe Monica e esse é o Papai Cristian, eles estavam esperando ansiosamente a chegada do principezinho Arthur quando o ensaio foi feito. Escolhi postar essas fotos no dia de hoje por um motivo muito especial, o Arthur chegou! (To contando os minutos pra ir na maternidade conhecer ele!)

Para mim esse foi um dos ensaios mais emocionantes que eu já fiz, de chegar a me emocionar editando as fotos. Não só pelo fato de ser uma grande amiga e uma família que tenho o prazer de ter por perto, mas porque eu sei o quanto o Arthur foi esperado, sonhado, desejado e já é muito, mas muito amado! Registrar o sonho de uma grande amiga enche o coração de alegria, e eu já pude registrar esse momento lindo de duas grandes amigas (veja o ensaio da Pri aqui)!  Mas quem será a próxima? Haha. É muita alegria pra um coraçãozinho só, amo!

ensaio monica

ensaio monica-2

ensaio monica-3

ensaio monica-4

ensaio monica-5

ensaio monica-6

ensaio monica-7

ensaio monica-8

ensaio monica-9

ensaio monica-10

ensaio monica-11

ensaio monica-12

ensaio monica-13

ensaio monica-16

ensaio monica-14

ensaio monica-15

Se quiser conhecer melhor o meu trabalho é só visitar meu Flickr ou meu Site.

Caso você queira que eu fotografe algum momento lindo da sua vida é só enviar um email para contato@camiladorazio.com.br

7 pessoas curtiram.

16 Brincadeiras para chá de bebê

Brincadeiras para chá de bebêQuem está preparando o seu chá de bebê aí?! Esse post é pra você!

Essa semana eu e a Pri estamos ajudando nossa queridíssima amiga Monica a organizar o chá de bebê do tão esperado Arthur. A Pri tá ajudando com a parte da decoração da festa e eu fiquei com a missão de ajudar a mamãe a organizar as brincadeiras. Nada mais justo do que compartilhar com vocês essa experiência!

Eu tenho ajudado algumas amigas a organizar as brincadeiras em seus chás de panela ou de bebê e tenho percebido que elas tem se batido um pouco em relação a isso, principalmente porque hoje em dia ninguém quer sair toda pintada batom, melecada de tinta guache e enrolada em papel higiênico (Eu ia dizer que não tenho nada contra isso pra não ficar chato, mas sinceramente… tenho tudo contra! É muito feio e constrangedor esse tipo de “brincadeira” gente! Haha).  Além disso eu tenho percebido uma grande preocupação em fazer brincadeiras com as convidadas, onde elas interajam entre si e a diversão seja geral!  Então eu resolvi fazer uma mega lista com as brincadeiras mais legais que eu encontrei. ( A Pri já fez um post sobre isso com as brincadeiras que ela fez no chá de bebê da Giulia e mandou algumas sugestões para nos ajudar, coloquei elas nessa lista também!)

*Quanto à quantidade de brincadeiras, eu tenho percebido que 4 brincadeiras, no máximo 5, são suficientes. Se você for fazer a brincadeira da abertura dos presentes lembre-se que isso toma bastante tempo e que talvez você não precise de mais brincadeiras, tudo depende da quantidade de presentes. Mas independente das brincadeiras que você escolher, é sempre bom ter 1 ou 2 brincadeiras na manga para qualquer eventualidade.

Mas vamos à lista:

  • Abertura dos presentes diferente:Cada convidado que for chegando entregar um post it e caneta pra que ele escreva alguma situação que viveu com a mamãe ou dicas que falem quem ele é mas sem deixar muito explícito, colar o post it no presente e coloca-lo na cesta de presentes. A mamãe terá que acertar quem deu o presente a partir daquelas dicas. Se ela errar paga uma prenda, se ela acertar a convidada paga prenda. Ex. de prendas cantar uma canção de ninar, recitar uma canção infantil, imitar bebê chorando, falar nomes de filmes que mostrem grávidas, contar histórias infantis, etc.
  • Palavras com letras misturadas: Entregue uma folha com palavras relacionadas a bebês, cujas letras estão misturadas. A equipe que colocar todas as palavras em ordem primeiro é a campeã. Exemplo de uma palavra: eicoru = Cueiro, raldfa = fralda.
  •  A chupeta escondida: Esconder uma chupeta em algum lugar e falar para convidados procurarem. Quem achar ganha um brinde.
  • “ Raul Gil”: Os grupos devem dizer, por exemplo “coisas que encontramos no quarto do bebê com a letra B”, “nomes de meninas com a letra T”, “coisas que encontramos em uma festa infantil com a letra C”. O grupo que não conseguir responder, é eliminado.
  • Combine as meias: Jogue 10 pares de meia de bebê dentro de uma caixa e misture bem. Depois, cronometre o tempo que cada pessoa leva para combinar os pares. Tente repetir cores para a brincadeira não ficar tão fácil. Cada participante tem um minuto. Depois, os 10 pares ficam para a futura mamãe colocar no bebê. (Dá pra montar grupos e dar um brinde ao grupo vencedor).
  • A Fralda Surpresa: No começo da festa pregue uma fralda pequena (molde em papel) na roupa dos convidados e diga-lhes que mais tarde saberão sobre o que se trata. No final da festa peça para todos abrirem as fraldas. Uma delas estará “premiada” com chocolate. O sortudo ganha um prêmio.
  • Brincadeira das “Mães Famosas”: Você vai precisar de folhas de papel e caneta. Dividam-se em times se forem muitas pessoas ou faça individualmente. Cada time ou pessoa tem que escrever o maior número de mães famosas. Podem ser brasileiras ou estrangeiras. Dê um tempo de três minutos. A que tiver escrito o maior número de nomes ganha. O prêmio pode ser chocolates. (Dá pra fazer com grávidas famosas do ano)
  • Nome estranho: Peça para os convidados escreverem os nomes mais estranhos que já conheceram. Depois faça uma votação. Vocês vão morrer de rir com o resultado.
  • Brinde na cadeira: Antes de iniciar o evento cole embaixo de algumas cadeiras um papel escrito “vale brinde”, quem estiver sentada numa dessas cadeiras ganha um brinde.É uma brincadeira usada em várias ocasiões mas a Pri fez no chá dela e as convidadas adoraram! Inclusive eu que levei um brinde super fofo!
  • Brincadeira “Adivinha quantos alfinetes”: pegue um pote e coloque vários alfinetes de fralda. Vá passando entre as participantes e cada uma tem que adivinhar quantos alfinetes estão dentro do pote. A que acertar ou chegar mais perto do número exato, ganha e recebe um presentinho.
  • Bebê internacional:  Os convidados receberão uma lista com a palavra bebê escrita em 10 idiomas diferentes, eles devem relacionar a palavra ao seu idioma.O convidado que o fizer corretamente primeiro ou quem acertar mais, ganha! Para entender melhor a brincadeira e imprimir a lista das palavras e seus idiomas clique aqui.
  • Adivinhe o tamanho da barriga: Passe entre os convidados uma fita, uma tesoura e uma caneta. Cada convidado deve cortar um pedaço da fita que acha que corresponde ao tamanho da barriga da gestante e colocar o seu nome nela. Depois que todos fizerem este procedimento, a gestante deve experimentar cada pedaço de fita e quem mais se aproximar do tamanho real ganha um brinde!
  • Pense rápido: Entregue papel e caneta aos convidados e dar 30 segundos para eles escreverem alguns itens que o bebê necessita (mamadeira, chupeta, babador, fralda, lenço umedecido,etc.). Quem conseguir escrever mais itens ganha um brinde.
  • Mensagem para a mamãe:  deixe uma mesa separada com caneta, cartões de recado e uma caixa tipo urna, lacrada. Convide os participantes a escreverem mensagens para a mamãe e as colocarem na urna. A mamãe leva a urna para casa no fim do evento e poderá ler os recados carinhosos que todos deixaram. (Essa é uma graça!)
  • Fralda Suja: Você vai precisar de 4 fraldas limpas e uma suja de chocolate derretido. Coloque uma música e peça para rodarem as fraldas de mão em mão, quando a música parar quem estiver com a fralda suja ganha o presente.
  • Quiz sobre a mamãe: Dividir os convidados em equipes e fazer perguntas sobre a mamãe para as equipes responderem. A equipe que acertar mais perguntas ganha. Você pode baixar alguns exemplos de perguntas no link abaixo. Elas são muito legais gente, super engraçadas e algumas dificílimas, vai render muita risada. Vale a pena conferir!

Quiz sobre a mamãe

 

E aí mamães? Gostaram? Conhecem alguma brincadeira diferente?

147 pessoas curtiram.

Relato da minha gravidez – Parte I

minha gravidez

A minha gravidez foi super tranquila em alguns aspectos, mas extremamente difícil em outros! Não vou mentir e dizer que me sentia sempre linda, feliz e realizada! Não! Grande parte do tempo me sentia feia, cansada e insegura! Me perguntava quase todos os dias: Cadê todo aquela felicidade e glamour que sempre vi nos filmes e novelas? É pessoal, na vida real as coisas são bem diferentes e a gente só descobre isso depois de receber o positivo!

Como já relatei aqui, descobri minha gravidez antes mesmo da minha menstruação atrasar e o único sintoma que eu tinha era uma cólica chata, que insistia em me perturbar! Fora isso, era como se nada estivesse acontecendo no meu corpo! Eu não me sentia grávida! Como isso era esquisito!

Bom, assim que peguei o resultado do Beta HCG, marquei a minha primeira consulta obstétrica, com aproximadamente cinco semanas de gravidez! Estava me sentindo super segura, afinal eu já tinha uma ginecologista-obstetra de confiança, que me acompanhava há anos! Ufa, não precisaria correr atrás de médico. Faria meu pré-natal e meu parto com uma pessoa que eu adorava e confiava cegamente.

No dia da consulta, as pessoas mais superprotetoras do mundo me acompanharam: minha mãe e meu marido! Minha mãe tava toda eufórica e querendo exercer o mesmo papel que exercia quando eu tinha uns cinco anos de idade, perguntando TUDO à médica e falando mais do que eu! Hahaha!

Quando contamos o motivo da consulta, para minha decepção, a médica não demonstrou qualquer sentimento, seja de surpresa, alegria ou sei lá o quê. Parecia que eu era apenas mais uma “recém-grávida” ali. Ela me fez algumas perguntas, repassou algumas orientações…mas tudo de maneira tão fria e superficial, que parecia que estava lendo um script a todo momento!

Poxa, que grávida não quer se sentir especial e ter um tratamento diferenciado? Nem pra ela fingir que se importava…hahaha! E eu não era uma grávida qualquer, era paciente dela há anos!

Bom, eu já tava mega chateada, mas não podia sair correndo de lá.

Depois de ter me passado as recomendações e as guias para os exames, ela resolveu fazer uma ultrassonografia para ver se conseguíamos visualizar alguma coisa! E é óbvio que não conseguimos visualizar absolutamente NADA! Primeiro porque eu estava com apenas 5 semanas, pelas nossas contas, e segundo porque ela tinha um aparelho do tempo do êpa no consultório dela. A tela era minúscula e, até hoje, não consigo entender como aquela geringonça ainda tava funcionando! Haha.

Depois de vê-la preenchendo a guia do exame, me dei conta: Ela queria era ganhar dinheiro com a ultra!!! Que raiva!

Como se não bastasse, para finalizar, ela me disse que cobraria uma taxa de 1.500 reais para realizar o meu parto e não explicou direito o motivo dessa cobrança. Mais tarde, através de outros médicos, é que fui entender do que se tratava (falando nisso, ainda quero fazer um post sobre essa taxa de disponibilidade médica). Na hora só conseguia pensar: que mercenária!!!!!!!

Saí de lá desnorteada. Toda aquela minha segurança tinha ido por água abaixo! Eu precisava achar um médico bom e precisava ser rápido!

Bom, procura aqui, procura ali…acabei conseguindo uma consulta com uma médica que localizei através do próprio catálogo do plano de saúde! O consultório dela ficava numa região privilegiada do Batel (Curitiba-PR), mas assim que adentramos a porta, que decepção! O lugar era velho, mal cuidado e com aparência de sujo! Duas mulheres estavam sentadas na recepção, pensei: duas recepcionistas! Há – Há – Há! Imaginem a nossa cara de surpresa quando descobrimos que uma dessas mulheres, que, por sinal, estava toda descabelada e sentada de forma completamente desleixada, era a médica!!!!!!! Meu Deus! Olhei por meu marido como quem diz: “vamos sair de fininho?”. Hahaha. Mas já que estávamos ali não custava nada ver “qualera” a da médica! No fim, acabamos nos surpreendendo, afinal ela foi super querida e atenciosa. Mas, de qualquer forma, não dava né gente? Não conseguiria pisar ali novamente…era muito desleixo e bizarrisse num só lugar! Então bóra pesquisar outros obstetras!

Enquanto eu não achava o médico ideal, aproveitei para fazer os exames que ambas as médicas tinham me repassado! E foi aí que tudo começou! Na primeira ida ao laboratório tive meu primeiro enjôo. Sorte que o maridão tava dirigindo e sorte que tinha uma sacola dentro do carro! Vomitei em todo o trajeto casa-laboratório! Argh! Não gosto nem de pensar!

Eu sabia que a fase “nem-parece-que-estou-grávida” não duraria muito tempo! Sempre tive sérios problemas de estômago e sempre fiquei enjoada muito fácil (meu pai conta pra todo mundo altas histórias de quando eu era pequena e vomitava no ônibus e, principalmente, em cima das pessoas…hahaha…quem nos conhece sabe!), portanto, na gravidez não seria diferente, óbvio!

A partir desse momento comecei a vomitar TODOS os dias e VÁRIAS vezes ao dia! Era em casa, no trabalho, na rua, dirigindo, escovando os dentes, tomando banho…e por aí vai! Um horror! Como eu disse antes: Cadê o glamour hein???? Hahaha!

Bom, com sete semanas fiz a minha primeira ultra de verdade! Sim, porque aquela no consultório da médica não tava valendo! Marquei pro período da tarde, então lembro que o período da manhã foi de pura ansiedade, mal conseguia trabalhar! Saí do trabalho e a caminho do IDEPI (muito bom!) me dei conta de que não estava com a guia do exame! Que desesperoooooo! Fui correndo pra casa buscá-lo, cruzando os dedos para conseguir chegar a tempo! Graças à Deus deu certo e eu consegui ver pela primeira vez o grande amor da minha vida! Que emoção! Achava que iria chorar, mas não chorei não! De qualquer forma, me senti muito feliz e realizada! O nosso feijãozinho estava ali! Na verdade, tava mais para um gergelim, mas tudo bem! E o feijãozinho já tinha até apelido: Little B (de little bean – pequeno feijão). Hahaha! Até a mamãe foi apelidada de algodãozinho! Lembram daquela experiência de germinação que fazíamos na escola com feijão e algodão? Então… Hahaha!

O nosso amorzinho tinha menos de 1 cm e seu coraçãozinho batia a 140 bpm.

Ainda nessa semana em que fiz o exame consegui uma consulta com um obstetra super indicado pelas mamães de Curitiba que participam do fórum e-family (pra quem ainda não conhece, fica a dica. O fórum é ótimo e trás debates desde treinantes até mamães de pré-adolescentes).

Lembro que marquei a consulta, mas não perguntei o endereço, pois já tinha pego pela internet mesmo. Cheguei na clínica toda faceira e quando fui falar com a recepcionista, pensem na minha cara de tacho quando ela me diz que o médico não atendia mais lá e que estava com consultório em outro endereço! Saí de lá correndo, liguei o GPS do celular (não tinha a mínima ideia de como chegar nesse novo endereço) e cruzei os dedos! Cheguei mega atrasada, enjoada e quase colocando os bofes pra fora. Mas deu certo! Logo que cheguei, fiquei encantada com o consultório: grande, limpo, lindo e chique! Sério, um luxo! Hehe! E o médico foi super atencioso! Tratamento vip mesmo! Não pensei duas vezes e já deixamos marcadas todas as consultas do pré-natal e, até mesmo, a consulta do pós-parto. Olhei todas aquelas datas e pensei: “Nossa, vai demorar muito pra tudo isso acontecer”. Que nada…

17 pessoas curtiram.

Ensaio Priscilla e Diego

Esse foi meu primeiro ensaio oficial e esse casal lindo são a Priscilla e o Diego enquanto esperavam a chegada de uma princesinha chamada Giulia.  Sim, eu sei que inverti e que já coloquei fotos da Giulia, é que eu recuperei essas fotos há pouco tempo. Mas fotos de mamães são sempre bem vindas né?!

Eu sou simplesmente apaixonada por ensaio de gestante, é um momento tão lindo, tão sublime. Essas fotos foram feitas dia 11 de março de 2012 e a Giulinha nasceu exatamente um mês depois. Esse ensaio foi feito no Bosque Alemão em Curitiba, era um dia lindo de sol e reuniu muitos amigos, inclusive a fotógrafa (eu mesma!). É simplesmente encantador ver a doçura da Pri, o amor do Diego e a alegria dessa espera. Espero que vocês gostem!

ensaio de gestante

ensaio fotográfico

ensaio de gestante

ensaio fotográfico

ensaio fotográfico de gestante

ensaio fotográfico de gestante

ensaio fotográfico de gestante

ensaio fotográfico de gestante

ensaio de gestante

ensaio de gestante

ensaio de gestante

ensaio de gestante

Quem quiser conhecer melhor meu trabalho é só clicar aqui.

9 pessoas curtiram.