Game Hipoglós Amêndoas: Resumo da Semana II

Finalmente consegui escrever o resuminho da segunda semana do Game. Deveria ter sido postado na sexta mas tive uma viagem de última hora a trabalho e foi a maior correria do mundo. Mas antes tarde do que nunca né?! Hehe. Então vamos lá.

  • Segunda-feira: Nessa segunda feira o educador Marcelo falou sobre amamentação e a hora  certa para o desmame.  A reflexão que ele fez sobre o tema é muito bonita e importante! Não deixem de assistir! Você pode ver o vídeo clicando aqui.  O resumo da história é o seguinte, muitas vezes a amamentação serve somente como ritual para dormir e quando a amamentação não tem mais a função principal, que é a alimentação, é a hora de desmamar. Outra dica importante para esse momento difícil é marcar uma data para a última mamada, ser firme na decisão e não voltar atrás.

 E quem foi para o chiqueirinho foram Bruna, mãe do Olavo e a Geisiane, mãe da Lizz.

  • Terça Feira: Foi dia de Workshop de psicomotricidade e as mamães aprenderam como os movimentos corporais são importantes no desenvolvimento dos pequenos! Elas ressaltaram a importância de você trabalhar a motricidade, o lado emocional e a musicalidade com os pequenos através dessas atividades deliciosas! Os bebês adoraram e as mamães se divertiram muito! É uma maneira divertidíssima de você interagir com seu filho e estimular o desenvolvimento dele, o que mais podemos querer né mamães?!

E dessa vez quem deixou o programa foi a Bruna, mãe do lindinho do Olavo!

 

  • Quarta-feira: Dia de falar sobre o desenvolvimento da fala nos bebês. Não tem coisa mais gostosa do que bebê pronunciando as primeiras palavras, quem não se derrete com isso? (Eu sinto muita vontade de esmagar haha). Essa fase é muito especial pois nela a criança começa a se relacionar com o mundo de uma maneira diferente e começa a ganhar ainda mais autonomia. As dicas do dia foram as seguintes:

– Converse o tempo todo com o bebê: a criança não entende só a fala, ela entende toda a linguagem que vem do corpo, os gestos e expressões;

– Sempre faça perguntas: você ajuda as crianças a se organizarem no pensamento e estabelecerem uma forma mais concreta de raciocínio;

– Não infantilize a linguagem e evite gírias: não fale como criança com elas, ensine sempre a maneira correta de pronunciar as palavras;

– Sempre leia para o bebê: a leitura é o melhor recurso didático, pedagógico e poético da vida. Recusar livro é a pior coisa que pode existir para a formação de um bom leitor.

 Dessa vez quem levou a melhor na prova da imunidade foi a Patrícia mãe da Mel!

  • Quinta-feira:  Dia de prova do chiqueirinho e quem foi pra berlinda dessa vez foram Caroline, mãe da Bia e a Geisiane mãe da Lizz

 

  • Sexta-feira: O grupo Barbatuques animou programa mostrando para todo mundo como é possível fazer música extraindo sons do proprio corpo. Muito divertido gente! Os bebês adoraram! Confiram como voi clicando aqui.

E quem acabou saindo do programa foram a Caroline e sua filhota Bia.

Fonte Mais Você.

 

 

Uma pessoa curtiu.

Game Hipoglós Amêndoas: Resumo da Semana I

Gente, confesso que estou adorando o Game Hipoglós Amêndoas e percebi que vocês gostaram também. Mas como nem todo mundo consegue assistir todos os dias resolvi fazer um resuminho semanal para manter vocês informadas e reunir todas as dicas preciosas dos profissionais! Então vamos lá.

  • Segunda-feira:  As mamães entraram na casa e logo receberam informações sobre alimentação  e sugestões de cardápios para os pequenos, já postei essa informação nesse post aqui.
  • Terça-feira: Na prova da imunidade as mamães deveriam decorar uma senha para abrir um cadeado e quem se deu bem foi a Jaqueline, mãe do Derick. Além disso apresentaram mais uma sugestão de cardápio.

Crianças com menos de 10 meses:
– Desjejum e ceia: preparações lacteas específicas;
– Colação: limão com couve;
– Almoço (sopa amassada com acréscimos): agrião, batata, couve, chuchu, músculo + massinha e feijão processado;
– Sobremesa: banana e pera;
– Jantar (sopa amassada com arroz papa ou massinha): agrião, beterraba, chuchu, batata, frango + massinha.

De 10 meses em diante:
– Desjejum e ceia: preparações lacteas específicas;
– Colação: limão com couve;
– Almoço (comida em pedacinhos): carne picadinha com chuchu, creme de aipim, arroz papa e feijão mulatinho;
– Sobremesa: gelatina e banana;
– Lanche (12 a 15 meses): creme de mamão com farinha láctea;
– Lanche (15 meses em diante): bolo de milho com aveia, suco de laranja, frutas da estação;
– Jantar (comida em pedacinhos): guisado de frango com batata e agrião, polenta, arroz papa e feijão mulatinho.

  • Quarta-feira:  Aconteceu a prova do chiqueirinho (paredão). Essa prova causou polêmica aqui no blog e eu concordo com todas vocês que  reclamaram! Os critérios de classificação não foram muito justos pois levaram em consideração somente o tempo para realizar o circuito de provas. Mas algumas mães foram mais rápidas justamente pelo fato de terem deixado de fazer algumas provas. Dessa forma ficou injusto né?! Deveriam levar em consideração o tempo e a realização das provas. Enfim, quem acabou indo pro chiqueirinho foram a Natanielle, mãe da Fernanda e a Patrícia, mãe da Mel.

Cardápio do dia:

Crianças com menos de 10 meses:
– Desjejum e ceia: preparações lacteas específicas;
– Colação: laranja com cenoura;
– Almoço (sopa amassada com acréscimos): espinafre, batata baroa (mandioquinha), abóbora, abobrinha, frango, gema + arroz de papa e feijão processado
– Sobremesa: maçã e papa de frutas;
– Jantar (sopa amassada com arroz papa ou massinha): espinafre, inhame, chuchu, abóbora, músculo, arroz papa.

De 10 meses em diante:
– Desjejum e ceia: preparações lacteas específicas;
– Colação: laranja com cenoura;
– Almoço (comida em pedacinhos): peixe ensopado com cenoura e vagem, mixer de batatas, arroz papa e feijão preto;
– Sobremesa: maçã e papa de frutas;
– Lanche (12 a 15 meses): vitamina de frutas com flocos de milho;
– Lanche (15 meses em diante): pão careca doce com queijo minas, suco de tangerina, frutas da estação;
– Jantar (comida em pedacinhos): carne picadinha com molho, suflê de chuchu, arroz e feijão preto.

  • Quinta-feira: Quem acabou saindo do Game foram a Natanielle e a Fernanda (confesso que fiquei com dó de ver as duas saindo do jogo, a Natanielle não conseguia nem falar, que aperto no coração gente!). As mamães participaram de um Workshop sobre alimentação e foram passadas várias dicas super legais. Vou listar algumas aqui:

– Não é necessário haver diferenciação entre o prato da criança e do adulto, é possível utilizar os mesmos alimentos, só que pra criança você pica ou bate no liquidificador (obviamente hehe). Isso facilita MUITO na hora de cozinhar né minha gente?! O bebê precisa ser estimulado a ter uma alimentação saudável e grande parte desse estímulo vem dos pais. Então  já matamos uns 4 coelhos com uma cajadada só, seguir essa dica facilita sua vida culinária, melhora sua alimentação, estimula seu filho a ter uma alimentação saudável e promove uma interação familiar única!

– É importante que o momento da alimentação seja calmo e sem stress, isso contribui para que a criança sinta prazer em se alimentar e tenha uma boa relação com a comida.

– O prato da criança ( e o seu também!) deve ser bastante colorido, com variedade de verduras e legumes.

– Deve-se evitar misturar na mesma refeição alimentos que contenham cálcio com alimentos que contenham ferro,  eles “competem” na absorção então é melhor consumi-los separadamente.

– Consumo de doces, eis a questão! A nutricionista Bia Rique orientou que não se proíba a criança caso ela queira experimentar em uma festinha ou evento, mas fique sempre de olho para a criança não exagerar! O importante é não estimular o consumo de doces (não tendo em casa, por exemplo) e tentar segurar ao máximo para que a criança venha a ter contato com esse alimento o mais tarde possível, mas não é legal proibir a criança se ela quiser comer.

Nesse mesmo dia o Educador Marcelo Bueno deu dicas para lidar com a birra dos pequenos. É algo difícil de lidar e tenho certeza que muitas mamães sofrem com isso. Bom, vamos às dicas:

– Lembre –se que a criança há pouco tempo estava no seu colo e conhecia o mundo daquela maneira, então ela começa a andar, se socializar e consequentemente passa conhecer o mundo de uma maneira totalmente diferente. É importante que as mamães compreendam esse momento e que esse tipo de atitude que elas tem é porque elas estão experimentando e conhecendo o mundo de uma maneira nova. Entendendo esse momento você faz uma intervenção sem ressentimento, sem pensar que a criança está fazendo “malvadeza” ou de propósito. Elas estão experimentando! E essa experimentação é um ótimo momento para educar!

– As crianças choram porque elas ainda não sabem falar, certo?! Então quando elas começarem a falar elas vão começar a elaborar os “nãos” de uma maneira diferente. Mas é assim mesmo, é importante  ser firme no “não” e impor limites desde cedo para que a criança aprenda até onde pode ir.

–  Se uma criança se apegar a um brinquedo, ele vai entender que é dele. Ela ainda não entende  ainda o que é seu e o que é do outro. Se você repetir que o brinquedo não é dela, eles vão conseguir organizar isso em forma de pensamento, e mais tarde em forma de atitudes.

  • Sexta-feira: Dia de mais uma prova de imunidade. Nessa prova as mamãe deveriam encontrar 3 objetos escondidos num tanque de areia (uma mamadeira, um chocalho e uma chupeta). Quem levou a melhor doi a Jaqueline, mãe do Derick. Ela ganhou a imunidade mais uma vez, sortuda não?!

Bom gente, esse é o resumo dessa semana. Eu sei que ficou longo mas as informações principais estão aí disponíveis para vocês! Espero que gostem e que seja útil!

Fonte: Mais Você

Uma pessoa curtiu.

Game Hipoglós Amêndoas no Mais Você

Estreou hoje no programa Mais Você o Game Hipoglós Amêndoas, é um reality show onde 7 bebês e suas mamães passarão 3 semanas juntos em uma casa enorme e super equipada. Eles vão participar de diversas provas e o vencedor receberá um prêmio de 100 mil reais (que beleza heim?!). A casa é linda, os bebês são uns fofos, o programa está transbordando fofurice gente. Eu estou louca pra saber que provas são essas e quem vai ganhar. Pelo que percebi somente as mamães vão fazer as provas e participarão de workshops, os bebês estão ali para brincar e se desenvolver. O programa conta com uma equipe de pedagogos, pediatras, nutricionistas e promete muitas dicas para papais, mamães, vovós e até para quem não tem bebês!

A dica de hoje foi sobre alimentação e apresentaram duas opções de cardápios de acordo com a idade dos pequenos.

Crianças com menos de 10 meses:
– Desjejum e ceia: preparações lacteas específicas;
– Colação: laranja com acerola;
– Almoço (sopa amassada com acréscimos): couve, aipim, beterraba, nabo, frango, gema, arroz papa e feijão processado;
– Sobremesa: mamão e maçã;
– Jantar (sopa amassada com arroz papa ou massinha): couve, batata, cenoura, chuchu, músculo e arroz papa

De 10 meses em diante:
– Desjejum e ceia: preparações lacteas específicas;
– Colação: laranja com acerola;
– Almoço (comida em pedacinhos): frango ensopado com tomates, cenoura e abobrinha refogadas, arroz papa e feijão preto;
– Sobremesa: mamão e maçã;
– Lanche (12 a 15 meses): creme de banana com geléia de mocotó;
– Lanche (15 meses em diante): cookies integrais, vitamina de banana e frutas da estação;
– Jantar (comida em pedacinhos): carne moída com soja refogada, batata baroa souté, arroz papa e feijão preto.
Quem quiser acompanhar é só ficar ligadinho no Mais Você nas próximas 3 semanas, e quem quiser assistir os vídeos que já foram exibidos é só entrar na página do game clicando aqui.

 

Fonte: Mais Você.

Uma pessoa curtiu.

Decoração de quarto para gêmeos (de sexos diferentes).

Esses dias uma amiga minha descobriu que estava grávida, de gêmeos! Fiquei bem feliz com a notícia mas confesso que fiquei com dó também haha, um já dá uma trabalho imaginem dois?! Mas também o amor é multiplicado por dois e isso compensa tudo! Ela acompanha o blog (eba!) e sugeriu que eu  fizesse um post sobre gêmeos. Confesso que nunca tinha pensado em fazer um post sobre isso (mamães de gêmeos, não fiquem bravas comigo!), além de achar difícil escrever sobre isso tinha aquele pensamento de senso comum  “Ah, é só multiplicar tudo por dois ué!”. Mas pensando melhor sobre o assunto, percebi que não é bem assim. Mamães de gêmeos tem toda uma dinâmica particular e merecem essa atenção. E não, não é só multiplicar tudo por dois, tem algumas coisas que você não precisa multiplicar. Percebi isso quando me deparei com esse quartinho lindo que hoje venho mostrar pra vocês! Não precisa de dois trocadores, duas banheiras, duas poltronas de amamentação, etc.  Muita coisa dá pra usar de modo compartilhado (Ufa! O bolso agradece!).  Inclusive dá pra conciliar a mesma decoração de maneira harmoniosa quando são gêmeos de sexos diferentes. É possível montar um quarto neutro belíssimo, e nem é tão difícil quanto eu pensava. Vejam que quartinho lindo! É uma decoração neutra, delicada e com detalhes que valorizam a cada um dos gêmeos.Achei uma graça esses quadrinhos que unem os nomes dos bebês.O que são esse móbile de ovelhinhas e o espelho em formato de pera?! Fofo demais!Lindos demais esses quadrinhos com as fotos dos bebês nos primeiros dias de vida.

By Project Nursery.

* Fran, espero que tenha gostado e que te inspire quando for fazer o quartinho dos gêmeos. Obrigada pela sugestão e que Deus abençoe a família de vocês.

 

4 pessoas curtiram.

Série Mãe S/A

Quem aí assistiu o Fantástico no domingo passado? Viram a nova série que está passando? Não? Então senta aqui que eu vou te contar!

O Mãe S/A é a mais nova série que está passando no Fantástico e ela conta a história de 3 mães empreendedoras que bolaram um jeito de ganhar dinheiro e ficar mais perto dos filhos. Pensa que é fácil?! Não é não gente, acho que é uma das coisas mais difíceis para uma mãe! Se busca manter seu trabalho e crescer profissionalmente vem a culpa de não ter tido tempo para os filhos. Se larga tudo pra ficar com eles vem a culpa de ter ficado estagnada e não ter tido uma carreira de sucesso. Se tenta conciliar os dois muitas vezes se vê perdida e não faz nem uma coisa nem outra direito. Que dilema! Eu mesma optei desde já em ter uma carreira onde eu possa ter horários mais flexíveis pensando no futuro, quando terei meus filhos. Quero acompanhar o desenvolvimento deles e curtir cada fase, a primeira palavra, o primeiro passinho, o primeiro dia de escola, etc. Sei o quanto a presença da mãe é importante pois atendo no consultório casos de crianças com diversos tipos de comportamento “problema” que no fundo é carência, falta de limites, falta de uma mãe por perto. E não quero isso para os meus filhos, não mesmo! Mas atendo também crianças onde as mães estão presentes e muitas vezes passam do limite, invadem a vida da criança e/ou adolescente e provocam uma simbiose que também não é saudável! Saber o limite é o segredo, mas quem disse que é fácil descobrir a dosagem certa?! Às vezes caímos em armadilhas que nós mesmas construímos.  Nessa série Mãe S/A muitas dessas armadilhas são abordadas e comentadas pelo Max Gehringer, que também da dicas sobre o que fazer para se livrar disso e ter sucesso como mãe e como profissional!

Achei muito legal e recomendo até para quem não é mãe ainda, afinal, planejar e se preparar para o futuro aumenta nossas chances de sucesso. E eu estarei ligadinha em todos os episódios!

Quem perdeu episódio anterior pode conferir clicando aqui.

Tem alguma mãe empreendedora aí pra nos contar a sua história? Compartilhem as suas experiências com a gente!

Uma pessoa curtiu.