5 Dicas de arte para crianças pequenas

arte criancaEsses dias eu vi essa imagem no face e me lembrei de como muitas crianças ficam hipnotizadas por horas e horas nesses eletrônicos e por mais que seja muito legal e estimulante não é só isso! Estou trabalhando dando aulas de artes pra crianças e  elas gostam de outras coisas também! É só mostrar, oferecer, brincar com ela!

Então hoje resolvi dar algumas dicas e falar um pouquinho da importância da arte para crianças a partir de 1 ano e meio (sim, com apenas 1 ano e meio seu filho já pode fazer muita arte! Em todos os sentidos haha). Na verdade a maior função da arte na criança pequena é fazer com que ela tenha contato com diferentes tipos de materiais e texturas, afinal ela está conhecendo o mundo e quanto mais experiências ela tiver melhor! Outro aspecto importante é que nesse processo ela está desenvolvendo sua autonomia e criatividade, ampliando sua percepção do mundo e lidando com os mais diversos tipos de sentimentos! Então mamãe, se você não for paranóica por limpeza (e se vc for, pense nisso com muito carinho) deixe seu filho brincar com tinta, faça com ele massinha caseira,  deixa ele se sujar! (com coisas “saudáveis”, claro! haha).

As dicas que eu dou para quem vai fazer isso em casa são:

  • Tenha uma “roupa de guerra”! Sim, ele vai limpar a mão na roupa e por mais que a tinta/material seja lavável pode ser que não saia 100%.  Então tenha uma roupa só pra isso ou use um camisetão (uma camiseta velha sua).
  • Tenha um espaço só pra isso. Delimite um espaço na casa só pra isso, assim a criança vai assimilando que ela não pode fazer isso em outros ambientes pois ela tem um lugar só pra fazer arte. Pode ser a cozinha que é de azulejo e fácil de limpar (mas forre o chão gelado please! Nós usamos um cobertor e uma lona por cima, mas vc pode usar qualquer plástico, desses de toalha de mesa mesmo) ou o banheiro, dentro do box (as crianças amam pintar paredes e o banheiro é bem mais fácil de lavar né?!)
  • SEMPRE supervisione de perto as atividades artísticas do seu filho! Ele pode se machucar ou querer colocar algo na boca e dependendo do material que você está oferecendo ao seu filho não dá pra experimentar dessa maneira! hehe.
  • Ofereça os mais variados materiais para ele recortar, colar, pintar, grudar, amassar, etc. Por exemplo, você pode oferecer tinta guache para ele pintar, adicionar água na tinta para ele ver como a tinta fica mais mole e como é pintar com aquela tinta diferente, você pode dar milho de pipoca, feijão e arroz,  pra ele colar num papel e ver qual é a textura, a cor, o formado de cada um e como se faz para colar na folha.
  • Deixe ele participar ativamente do processo! Não subestime a capacidade de uma criança! hehe. Se você for fazer massinha caseira por exemplo, permita que ele toque (enfie a mão mesmo) na farinha, no sal, no óleo, na tinta colorida, etc. Além disso deixe que ele te ajude a colocar punhados dos ingredientes no recipiente e te ajude a misturar aquela meleca toda! Essa experiência é super importante para os pequenos, por mais que pareça boba para nós!

Não se assuste se a criança sentir aversão a tocar em algum material (óleo, pena, tinta, etc), lembre-se que aquilo é algo novo pra ela e essa aproximação pode ser aos poucos! Não desista, tente oferecer outro dia pra ela. Tem criança que adora logo de cara, mas tem criança que vai mais devagar! Tudo depende da personalidade da criança e aos poucos ela (e você) vai descobrindo o que é prazeroso pra ela ou não. Mas para que ela (e você) saiba disso ela precisa experimentar, não é?! Não se baseie nos seus gostos pra determinar o que a criança vai ou não fazer, conheço gente que não gosta de tocar em pena, mas pode ser que seu filho goste!

Caso você não queira que seu filho faça isso em casa você pode levar ele nas aulinhas de artes da Tia Came ! Lá você vai participar com ele desse processo em um espaço criado só para isso! Mais informações no site do Espaço Criança em Foco.

 

4 pessoas curtiram.

Dica para Pais: Espaço Criança em Foco

Há uns anos atrás fiz meu primeiro curso de Educador Brinquedista (depois fiz também o de Educador Brinquedista Hospitalar), nesse curso fiquei encantada com a aula de brincadeiras cantadas da Fernanda Gorosito. No final da aula ela comentou que trabalhava no espaço Criança em Foco e que lá eles faziam um trabalho muito legal de estimulação de bebês e crianças. Eu, que sou apaixonada por tudo que diz respeito a bebês e crianças, fui logo pesquisar para conhecer melhor o trabalho. Entrei no site do Espaço Criança em Foco e meus olhos brilharam, depois de um tempo fui até lá para conhecer o espaço e a proposta deles e achei simplesmente o máximo! Eles tem um espaço super legal, bem colorido e aconchegante. Nesse espaço eles dão vários cursos, palestras, oficinas e atividades para pais, filhos, avós, babás e quem mais fizer parte da rotina e do desenvolvimento da criança. Para isso, eles possuem uma equipe multidisciplinar composta por psicólogos, educadores brinquedistas, musicoterapeutas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e nutricionistas. O trabalho deles é muito diversificado, o mais legal é que tem muitos espaços onde você interage com seu filho. Não são profissionais estimulando a criança, é você mesmo! Sob a supervisão de profissionais, claro. Mas não é muito mais legal você poder fazer isso e de quebra fortalecer ainda mais o seu vínculo com o bebê ou com a criança?! Quando eu for mãe com certeza serei cliente fiel deles.

Vou listar aqui alguns trabalhos do Criança em Foco que mais me chamaram atenção.

  • Consultoria para pais sobre como escolher uma babá ( o que é muito difícil né? A gente ouve cada história…), o sono dos bebês, pais de bebês prematuros.
  • Formação de babás: Se você já tem ou acabou de escolher uma babá ou se você é uma babá em busca de um aprofundamento em sua área profissional, aqui é o seu lugar! Achei muito legal a proposta, vale a pena conferir.
  • Encontros de pais: Eles reunem os pais de crianças de mesma idade para tirar dúvidas e discutir temas de interesse comum.
  • Encontro para avós: As vovós não ficam de fora não! Achei muito legal a iniciativa de incluir as avós pois, em alguns casos, elas acabam fazendo o papel de mãe também. E como deve ser difícil exercer o papel de mãe que tem que educar e avó que quer mais é mimar!
  • Fazendo Arte: Essa oficina promove mais um espaço de interação entre crianças pequenas e seus pais através de atividades artísticas. Uma delícia!
  • Espaço Lúdico: É um espaço onde a criança brinca livremente tendo um adulto como mediador. Quando fui conhecer o lugar me falaram que esse é o espaço onde eles aplicam a proposta de brinquedoteca. (Em breve farei um post falando sonre brinquedotecas!)
  • Estimulação para bebês: Mais um espaço onde os pais interagem com seus filhos, aqui você aprende como estimular seu bebê de diversas maneiras.
  • Brincadeiras Cantadas: É muito legal gente, no curso de Educador Brinquedista que eu fiz foi uma das aulas mais legais! No Espaço Criança em Foco as Brincadeiras Cantadas são espaços onde os pais interagem com seus filhos brincando de diversas maneiras com música.
  • Shantala: Já vi algumas matérias e estudos sobre a Shantala e fiquei simplesmente apaixonada. Deve ser tão gostoso para a mãe massagear seu filho e imaginem como o bebê se sente quando recebe a massagem?! Vontade de ser bebê de novo e pedir para a minha mãe fazer o curso de Shantala no Criança em Foco, haha.

Quem tiver interesse, dia 28 de agosto terá uma palestra com o tema “ Os perigos e as privações de pais excessivamente bons”.

Tem muito mais coisa gente, no site do Espaço Criança em Foco tem tudo bem explicadinho e você pode acessar clicando aqui. Você também pode ir conhecer o espaço deles e conversar com os profissionais, o Espaço Criança em Foco fica no Shopping Novo Batel, piso D.

Seja o primeiro a curtir.