No peito???

amamentação

Semana passada fui almoçar com o meu marido e a pequena em um restaurante que frequentamos desde que nos casamos – quase quatro anos. Tudo muito bom, tudo muito lindo, até que a tiazinha do caixa – que trabalha lá desde sempre e inclusive “acompanhou” minha gravidez – perguntou se a Giulia comia bem. Eu disse que ela comia pouco! E só! Não estava muito a fim de me alongar no assunto. Mas ela não se deu por satisfeita: E ela ainda mama? Eu disse que sim. Com uma cara de assustada, torcendo para que eu dissesse não para a pergunta seguinte, ela soltou: No peito??????? SIM (mil vezes SIM)!!!!!!!!!!!!!!!!! Sério, vocês precisavam ver a cara de espanto da mulher. Acho que ela queria me matar naquele exato momento! Devia estar pensando: doida, desvairada, lelé, sem juízo, sem noção, pouca prática, biruta, cabeça de vento… Como assim amamentar uma pré-adolescente de quase um ano e dois meses que já tem dente, já anda e já “fala”? E como se não bastasse a cara feia que ela fez, ela achou que precisava me dar um super toque (ou jogar uma maldição, sei lá): “Olha, quando você parar de amamentar, com certeza ela começará a comer bem! Você vai ver!” Aff… Valeu tiazinha, mas tô cagando e andando para o que você pensa! Hahaha! Sério, fiquei indignada, mas até que eu gosto dela, apesar das pérolas que ela solta de vez em quando!

Mas eu contei essa historinha pra dizer o quanto fico puta da cara com esse tipo de desincentivo ao aleitamento materno, principalmente após os seis meses. Caraca, a Organização Mundial de Saúde não recomenda e incentiva a amamentação até, pelo menos, dois anos de idade? Então, porque cargas d’água uma mãe que decide seguir esse esquema é vista com maus olhos? É criticada e apedrejada em praça pública? (tá, exagerei!)

Nunca recebi um elogio sequer por conseguir manter o aleitamento materno até hoje. Não que eu ache que mereça elogios, pois faço nada mais do que minha obrigação como mãe. Só não entendo o porquê das pessoas criticarem tanto as mamães que amamentam seus filhos por um tempo mais prolongado. Faz bem pro bebê, pra mãe, pro mundo, pra humanidade, sacou?

Poxa já tem muita gente desorientada por aí, que interrompe a amamentação em poucas semanas ou meses, recorrendo a fórmulas infantis por não ter o conhecimento e apoio necessários. E ainda vêm essas tiazinhas querendo desencorajar a galera? Faz favor né?

Como já ouvi por aí: Dar o peito é dar vida! É bom demais! Por aqui temos só aproveitado. Graças à Deus, Giulica parou de morder! Viva! Lembram desse post aqui? Entããooo… as coisas melhoraram bastante! Agora é só alegria. Portanto, não temos data para o fim! E quer saber? Estamos muito bem assim, obrigada! Enquanto dou o peito sem remorso, tento não me abalar com os comentários absurdos que escuto por aí!

E vocês, também ficam indignadas com isso?

Beijos!

8 pessoas curtiram.