Relato da leitora: De olho nas “doenças” silenciosas!

Olá meu nome é Franciane tenho 24 anos e sou MÃE  de uma princesa de 5 anos chamada Maria Clara. Sou leitora assídua do Blog.

Há muito tempo pedia para Camila uma atenção para nós mães dos crescidinhos e então ela disse que nada melhor que uma mãe de uma crescidinha para escrever. Então vamos falar dela né? Minha Polaquinha sempre foi uma criança extraordinária, calma, carinhosa e doce. Quando bebê nunca me deu o famoso “trabalho”, nada de noites em claro, cólicas, apenas uma preocupação quando ela estava com 3 meses (mas isso é outra história). Mas conforme o tempo passa e as preocupações mudam e você tem que prestar atenção a cada detalhe e assim finalmente começa a finalidade do post rsrsrsrs.

A Maria em julho do ano passado contraiu a H1N1, um baita susto já que ela tem bronquite, teve parada respiratória, enfim um MEGA susto. Coincidência ou não após a doença ela apresentou algumas mudança, como a completa perda do apetite, no crescimento entre outras coisas… Não sabia reconhecer os costumes da minha filha, então à atenção redobrou e comecei a perceber que ela estava pintando muito fora do traçado e as crianças da sala dela já tinham a pintura mais correta. De início acha que a Maria tinha algum problema motor,  mas a fixa só caiu quando estávamos pintando juntas falei  pra ela que precisávamos pintar dentro do traçado e ela me respondeu: “mas mãe está certinho”. Poxa vida ela estava com problema de visão poderia ser. Então marquei e um oftalmologista que confirmou 3 graus de Hipermetropia e 3 graus de Astigmatismo. Me senti tão culpada. Mas para meu alívio crianças até 7 anos tem reversão ( atenção mamães!!!).

Percebi que eu estou crescendo com ela, aprendendo com ela (e muito),  e que a melhor maneira para saber se tem algo diferente da vidinha dela é conversando bastante e manter a atenção que tenho desde do dia que vi esses olhinhos brilhantes. Tirando as “curujices” ou não rsrsrs, ela adorou a ideia de usar óculos e ficou uma gatinha com ele. Espero que tenham gostado e que prestem atenção nas doenças silenciosas. Beijos à todas, meus e da Maria Clarinha.

fran tomio

5 pessoas curtiram.