16 Brincadeiras para chá de bebê

Brincadeiras para chá de bebêQuem está preparando o seu chá de bebê aí?! Esse post é pra você!

Essa semana eu e a Pri estamos ajudando nossa queridíssima amiga Monica a organizar o chá de bebê do tão esperado Arthur. A Pri tá ajudando com a parte da decoração da festa e eu fiquei com a missão de ajudar a mamãe a organizar as brincadeiras. Nada mais justo do que compartilhar com vocês essa experiência!

Eu tenho ajudado algumas amigas a organizar as brincadeiras em seus chás de panela ou de bebê e tenho percebido que elas tem se batido um pouco em relação a isso, principalmente porque hoje em dia ninguém quer sair toda pintada batom, melecada de tinta guache e enrolada em papel higiênico (Eu ia dizer que não tenho nada contra isso pra não ficar chato, mas sinceramente… tenho tudo contra! É muito feio e constrangedor esse tipo de “brincadeira” gente! Haha).  Além disso eu tenho percebido uma grande preocupação em fazer brincadeiras com as convidadas, onde elas interajam entre si e a diversão seja geral!  Então eu resolvi fazer uma mega lista com as brincadeiras mais legais que eu encontrei. ( A Pri já fez um post sobre isso com as brincadeiras que ela fez no chá de bebê da Giulia e mandou algumas sugestões para nos ajudar, coloquei elas nessa lista também!)

*Quanto à quantidade de brincadeiras, eu tenho percebido que 4 brincadeiras, no máximo 5, são suficientes. Se você for fazer a brincadeira da abertura dos presentes lembre-se que isso toma bastante tempo e que talvez você não precise de mais brincadeiras, tudo depende da quantidade de presentes. Mas independente das brincadeiras que você escolher, é sempre bom ter 1 ou 2 brincadeiras na manga para qualquer eventualidade.

Mas vamos à lista:

  • Abertura dos presentes diferente:Cada convidado que for chegando entregar um post it e caneta pra que ele escreva alguma situação que viveu com a mamãe ou dicas que falem quem ele é mas sem deixar muito explícito, colar o post it no presente e coloca-lo na cesta de presentes. A mamãe terá que acertar quem deu o presente a partir daquelas dicas. Se ela errar paga uma prenda, se ela acertar a convidada paga prenda. Ex. de prendas cantar uma canção de ninar, recitar uma canção infantil, imitar bebê chorando, falar nomes de filmes que mostrem grávidas, contar histórias infantis, etc.
  • Palavras com letras misturadas: Entregue uma folha com palavras relacionadas a bebês, cujas letras estão misturadas. A equipe que colocar todas as palavras em ordem primeiro é a campeã. Exemplo de uma palavra: eicoru = Cueiro, raldfa = fralda.
  •  A chupeta escondida: Esconder uma chupeta em algum lugar e falar para convidados procurarem. Quem achar ganha um brinde.
  • “ Raul Gil”: Os grupos devem dizer, por exemplo “coisas que encontramos no quarto do bebê com a letra B”, “nomes de meninas com a letra T”, “coisas que encontramos em uma festa infantil com a letra C”. O grupo que não conseguir responder, é eliminado.
  • Combine as meias: Jogue 10 pares de meia de bebê dentro de uma caixa e misture bem. Depois, cronometre o tempo que cada pessoa leva para combinar os pares. Tente repetir cores para a brincadeira não ficar tão fácil. Cada participante tem um minuto. Depois, os 10 pares ficam para a futura mamãe colocar no bebê. (Dá pra montar grupos e dar um brinde ao grupo vencedor).
  • A Fralda Surpresa: No começo da festa pregue uma fralda pequena (molde em papel) na roupa dos convidados e diga-lhes que mais tarde saberão sobre o que se trata. No final da festa peça para todos abrirem as fraldas. Uma delas estará “premiada” com chocolate. O sortudo ganha um prêmio.
  • Brincadeira das “Mães Famosas”: Você vai precisar de folhas de papel e caneta. Dividam-se em times se forem muitas pessoas ou faça individualmente. Cada time ou pessoa tem que escrever o maior número de mães famosas. Podem ser brasileiras ou estrangeiras. Dê um tempo de três minutos. A que tiver escrito o maior número de nomes ganha. O prêmio pode ser chocolates. (Dá pra fazer com grávidas famosas do ano)
  • Nome estranho: Peça para os convidados escreverem os nomes mais estranhos que já conheceram. Depois faça uma votação. Vocês vão morrer de rir com o resultado.
  • Brinde na cadeira: Antes de iniciar o evento cole embaixo de algumas cadeiras um papel escrito “vale brinde”, quem estiver sentada numa dessas cadeiras ganha um brinde.É uma brincadeira usada em várias ocasiões mas a Pri fez no chá dela e as convidadas adoraram! Inclusive eu que levei um brinde super fofo!
  • Brincadeira “Adivinha quantos alfinetes”: pegue um pote e coloque vários alfinetes de fralda. Vá passando entre as participantes e cada uma tem que adivinhar quantos alfinetes estão dentro do pote. A que acertar ou chegar mais perto do número exato, ganha e recebe um presentinho.
  • Bebê internacional:  Os convidados receberão uma lista com a palavra bebê escrita em 10 idiomas diferentes, eles devem relacionar a palavra ao seu idioma.O convidado que o fizer corretamente primeiro ou quem acertar mais, ganha! Para entender melhor a brincadeira e imprimir a lista das palavras e seus idiomas clique aqui.
  • Adivinhe o tamanho da barriga: Passe entre os convidados uma fita, uma tesoura e uma caneta. Cada convidado deve cortar um pedaço da fita que acha que corresponde ao tamanho da barriga da gestante e colocar o seu nome nela. Depois que todos fizerem este procedimento, a gestante deve experimentar cada pedaço de fita e quem mais se aproximar do tamanho real ganha um brinde!
  • Pense rápido: Entregue papel e caneta aos convidados e dar 30 segundos para eles escreverem alguns itens que o bebê necessita (mamadeira, chupeta, babador, fralda, lenço umedecido,etc.). Quem conseguir escrever mais itens ganha um brinde.
  • Mensagem para a mamãe:  deixe uma mesa separada com caneta, cartões de recado e uma caixa tipo urna, lacrada. Convide os participantes a escreverem mensagens para a mamãe e as colocarem na urna. A mamãe leva a urna para casa no fim do evento e poderá ler os recados carinhosos que todos deixaram. (Essa é uma graça!)
  • Fralda Suja: Você vai precisar de 4 fraldas limpas e uma suja de chocolate derretido. Coloque uma música e peça para rodarem as fraldas de mão em mão, quando a música parar quem estiver com a fralda suja ganha o presente.
  • Quiz sobre a mamãe: Dividir os convidados em equipes e fazer perguntas sobre a mamãe para as equipes responderem. A equipe que acertar mais perguntas ganha. Você pode baixar alguns exemplos de perguntas no link abaixo. Elas são muito legais gente, super engraçadas e algumas dificílimas, vai render muita risada. Vale a pena conferir!

Quiz sobre a mamãe

 

E aí mamães? Gostaram? Conhecem alguma brincadeira diferente?

163 pessoas curtiram.

Dica de banheira para bebês: Puj Tub

Não me perguntem como eu encontrei esse produto porque nem eu lembro mais, hehe. Estava procurando na internet coisas legais pra mostrar pra vocês e me deparei com essa banheira.

A Puj Tub é uma banheira que você encaixa na pia do banheiro, é feita de material macio e flexível para não machucar o bebê. Parece ser bem prática de usar e é indicada para bebês de 0 a 6 meses (e para pias que tenham água quente hehe). Confesso que no começo achei meio estranho, fiquei com medo do bebê se bater na torneira, sei lá. Mas pensando melhor pode até ser prático, até porque é para bebês pequenininhos que não vão se debater tanto (eu acho)! O bom é que ocupa bem menos espaço do que uma banheira convencional, é fácil de lavar e de limpar e dá pra levar ela em viagens e afins sem carregar aquele trambolho.

Vocês encontram esse produto no próprio site da Puj e o preço está $ 45,00 (dólares). Você pode escolher entre as cores White (Branco), Aqua (Azul) e Kiwi (Verde). O triste da história é que não entregam no Brasil, mas caso você conheça alguém que vá para os EUA dá pra pedir pra trazer.

Para mais detalhes sobre montar e usar é só assistir o vídeo abaixo.

 

Caso alguma mamãe queira experimentar o produto nos conte o que achou! Vamos adorar compartilhar com as outras mamães a resenha desse produto.

Mas me contem, acharam estranho também ou usariam?

11 pessoas curtiram.

Alimentação Infantil

Alimentação Infantil
Quem nos acompanha no Facebook deve ter percebido que essa semana postamos algumas dicas de alimentação infantil. Já que estamos no clima da alimentação saudável procurei uma amiga minha que entende do assunto e fiz algumas perguntinhas sobre alimentação de bebês. Confiram!
  • Quando e como as preferências alimentares são adquiridas?

Nos primeiros anos de vida as crianças são capazes de aprender a gostar de determinados alimentos e suas experiências dietéticas começam a se individualizar. As sensações do paladar são importantes na formação das preferencias alimentares e os padrões da seleção de alimentos desenvolvem-se ainda no inicio da vida, sendo fortemente influenciados pelos hábitos culturais e familiares.

Desde a gestação o feto já aprende sobre os gostos e sabores, que são transmitidos pelo liquido amniótico. Em seguida o lactente recebe o leite materno que é composto de diferentes cheiros e sabores, refletindo diretamente os alimentos ingeridos pela mãe. Portanto, ao receber o leite materno o bebe entra em contato com experiências sensoriais e mostram preferencias por sabores a que foram expostos repetidamente durante os períodos pré e pós-natal. As diferenças individuais que cada criança apresenta ao preferir determinado alimento são características do temperamento da criança.

  •  Porque é importante estimular uma alimentação saudável desde bebê? 

O comportamento alimentar durante a infância é importante para o crescimento e desenvolvimento da criança e ocupa também um papel fundamental na prevenção e tratamento de algumas doenças na fase adulta. A promoção de uma alimentação saudável deve ocorrer com relevância nos primeiros anos da infância a fim de que permaneçam ao longo da vida, visto que a mudança dos hábitos alimentares durante a fase adulta apresenta elevadas taxas de insucesso.

  •  Que fatores influenciam na formação do hábito alimentar?

Os pais são especialmente responsáveis pela formação dos hábitos alimentares dos filhos, fornecendo amplo aprendizado à criança. A promoção da alimentação saudável é influenciada pelas refeições em família uma vez que estas representam um importante evento nas interações familiares.

O contexto social pode interferir na estrutura das refeições de maneira positiva ou negativa, manifestando-se através da aquisição de gêneros alimentícios, da religião e da cultura.

A maior influencia ambiental para a criança na formação de seus hábitos alimentares é a família. Em especial, as interações alimentares ocorridas entre mãe e bebê em seu primeiro ano de vida são consideradas muito importantes no relacionamento maternal, por desenvolver capacidades sócio-emocionais. Tais experiências alimentares precoces podem estabelecer preferencias de sabor e escolhas que auxiliam no crescimento e desenvolvimento infantil.

  •  O bebê sente o gosto de alimentos através do leite materno?

Sim. Desde a gestação o feto já aprende sobre os gostos e sabores, que são transmitidos pelo liquido amniótico. Após o nascimento, o lactente recebe o leite materno que é altamente rico em sabor e os sabores refletem diretamente os alimentos consumidos pela mãe, fornecendo ao lactente uma rica fonte de experiências sensoriais. Dessa forma, o aleitamento materno oferece a criança experiências sensoriais que facilitam a aceitação de uma alimentação complementar diversificada e equilibrada, para que a criança possa formar hábitos alimentares saudáveis.

  •  Dei um alimento novo ao meu bebê, mas ele fez cara feia e parece que não gostou, devo insistir?

Sim, é importante que a criança experimente o alimento, mesmo em quantidade mínima, a fim de aumentar a aceitação do sabor. Com o intuito de reduzir a neofobia alimentar (aversão em ingerir novos alimentos), deve-se realizar a exposição repetida a determinado alimento, a fim de aumentar a sua ingestão.  As expressões faciais realizadas pelas crianças durante a alimentação fornecem informações relevantes aos pais, que devem continuar a fornecer determinado alimento mesmo quando a criança expressar desgosto. Oferecendo repetidamente alimentos saudáveis, os pais estão contribuindo de maneira acentuada para a formação dos hábitos alimentares saudáveis de seus filhos que serão realizados na idade adulta.

  •  Ouvi dizer que é preciso oferecer o alimento no mínimo 8 vezes para a criança antes de poder dizer que ela realmente não gosta daquele alimento, é verdade?

Sim. A fim de reduzir a neofobia alimentar novos alimentos devem ser oferecidos diversas vezes para que a aceitação ocorra de maneira natural entre as crianças. Essa aceitação aumenta através de repetidas exposições, que variam entre oito até quinze vezes. Este modo de introduzir novos alimentos na alimentação infantil funciona com sucesso durante o final da lactância, antes que a criança apresente maior autonomia.

 

   DANIELA MARTINEZ  

Estudante de Nutrição – 6º período – UFPR

Caso vocês tiverem alguma dúvida é só deixar nos comentários aqui que a Dani responde!

Mas e aí mamães, como anda a alimentação dos seus filhos?

Uma pessoa curtiu.

Giulia – The Sweetest Smile

Começo a semana falando do assunto que mais gosto nesse mundo: fotografia. Essa garotinha linda, risonha e encantadora é a Giulia, filha da Priscilla e as fotos foram tiradas por mim mesma. Sim, eu tirei as fotos!  Eu amo fotografia e um dia quero seguir carreira nessa área, mais especificamente na área de fotografia infantil e de famílias. Por enquanto estou fazendo cursos e juntando dinheiro para comprar a minha câmera, de novo (eu já tive uma câmera profissional e esse ano infelizmente fui assaltada, mas tenho a sorte de ter amigos queridos que por acaso tem câmeras profissionais e me emprestam sempre que eu preciso!). Esse ensaio foi feito super no improviso e em cima da hora, o dia estava lindo, eu estava morrendo de vontade de fotografar, então liguei para a Pri e falei: “Estou indo aí tirar umas fotos da Giulia!”. Apesar de ter sido corrido eu gostei do resultado, a Giulia é uma fofa e, vamos combinar, não dá vontade de morder essas bochechas?! Eu tive que me segurar! Hehe.

Espero que vocês gostem das fotos!

 

Quem quiser conhecer um pouquinho mais o meu trabalho é só clicar aqui.

3 pessoas curtiram.

Programa Mãe é Mãe

Mãe é Mãe - tudosobremae.com.br

O programa Mãe é Mãe é super bacana! Eu simplesmente adoro! A apresentadora Diana Bouth (uma fofa por sinal) se propõe a esclarecer dúvidas e a falar sobre as alegrias e desafios da maternidade. Os assuntos abordados são sempre muito interessantes: alimentação, brincadeiras, aprendizagem, amamentação, comportamento, entre outros.

O programa é todo bonitinho, com carinha de mãe mesmo! Tem uma ótima trilha sonora e faz a gente se emocionar de uma forma incrível.

Os episódios trazem entrevistas com pessoas comuns, especialistas e, até mesmo, com pais e mães famosos.
Eu sempre me emociono e me identifico muito com os relatos trazidos. Mãe é tudo igual né gente!? Frequentemente me pego pensando: “Nossa, é exatamente assim que acontece comigo!” ou “Juarava que era só minha filha que fazia isso”ou ainda “Como não pensei nisso antes! Vou anotar!”. Hahaha! Acho o máximo essa identificação que acontece e também acho super bacana poder aprender coisas novas constantemente. Afinal, sou mãe de primeira viagem né!?

Bom, Mãe é Mãe passa no GNT toda terça às 21:30, mas existem horários alternativos de reprise:  Quarta às 09:00 e às 13:30, Sábado às 13:00 e Terça às 18:30.
Vale muito a pena assistir, o programa é tudo de bom!!
Se quiserem obter mais informações, acessem o site do programa: http://gnt.globo.com/mae-e-mae/index.shtml

Espero que gostem!

Seja o primeiro a curtir.