Oito motivos para dar banho de chuveiro no bebê

banho chuveiro bebe

Banho de chuveiro é bom demais!

Quando a Giulia completou três meses, dar banho de banheira se tornou uma grande aventura! Enquanto eu tentava ensaboá-la, a criaturinha batia os braços, pernas, tentava virar para um lado, para o outro, jogava água pra tudo quanto é direção e me deixava com uma dor nas costas danada! Terminava o banho mega destruída! Parecia que tinha acabado de voltar da guerra! O que não deixava de ser verdade! haha.

Foi aí que tive a brilhante ideia de começar a dar banho no próprio chuveiro e, desde então, tem dado super certo! Já aposentei a banheira, o ôfuro e me rendi completamente a este novo tipo de banho. É uma delícia e tem mil e uma vantagens.

É claro que como tudo na vida, existem alguns contratempos, mas hoje quero falar dos benefícios, que em minha opinião, superam qualquer dificuldade.

  • Primeiramente, o banho de chuveiro é extremamente prático. Não é necessário montar suporte, desinfetar banheira com álcool 70%, enchê-la com água e depois esvaziar, secar e guardar. Basta ligar o chuveiro e checar a temperatura;
  • Se o seu bebê está acostumado com esse tipo de banho, não é necessário se preocupar em levar banheira portátil quando for viajar. Uma tranqueira a menos;
  • O banho se torna um momento de grande carinho, proximidade e interação entre mãe/pai e filho. Além disso, o fato de estar no colo, em contato direto com a mãe ou o pai, faz com que o bebê se sinta mais seguro e relaxado. Tem coisa melhor?
  •  Por ser água corrente, diferentemente da banheira, o bebê pode fazer xixi ou cocô à vontade durante o banho sem que você fique desesperada tendo que tirar rapidamente o bebê para fazer a troca da água;
  • Também pelo fato de ser água corrente, se torna um banho muito mais higiênico, mesmo sabendo que bebês tão novinhos não acumulam tanta sujeira a ponto de comprometer a água;
  • Você pode ensinar o bebê a prender a respiração deixando a água cair no seu rostinho, o que pode ser muito útil quando ele começar a frequentar piscinas e mar;
  • Pode ser mais um momento de intimidade e amor entre nós, mães, e nossos pimpolhos, principalmente se amamentamos enquanto a água morninha cai sobre o corpinho deles. É uma delícia e o bebê fica calminho, calminho;
  • E, por fim, normalmente, os bebês adoram ficar observando a água cair e ficam super entretidos com o barulho que faz! Isso quando eles não colocam a língua pra fora para sentir o gostinho da água, como é o caso da Giulia. haha.

Apesar de ser ótimo, alguns cuidados devem ser tomados:

  • É importante limpar o corpo do bebê em partes! Ensaboá-lo de uma só vez o deixará muito escorregadio e a chance de derrubá-lo será grande;
  • O ideal é ter outra pessoa em casa para pegar o bebê quando você terminar o banho. Sair sozinha (o) com o bebê, ambos molhados, não é legal (mas confesso que faço muito isso aqui em casa, mas já tô ficando calejada e uso vários truques… Hahaha);
  • Cuidar sempre para que não caia água no ouvido do bebê, pois no chuveiro a chance de isso acontecer é maior;
  • Preparar antecipadamente tudo o que for usar (esponja, sabonete, shampoo, brinquedinho, etc.).

É super bacana e aconselhável conversar com o bebê, explicando tudo o que você está fazendo. Além disso, cantar musiquinhas pode tornar o banho ainda mais divertido!

E vocês mamães (e papais), curtem o banho de chuveiro com os babys?

Contem pra gente!

77 pessoas curtiram.