Joelheiras: Vale a pena comprar?

joelheiras

Quando a Giulia tinha mais ou menos oito meses e já estava engatinhando adoidada pela casa, encasquetei que ela precisava de joelheiras.

Como achei que usaríamos muito, comprei duas da Lupo: uma azul e uma rosa. Uma só não seria suficiente.

Confesso que tentei usá-las diversas vezes, mas achei que o negócio mais atrapalhava do que ajudava. Saía toda hora do lugar e apertava muito o joelho gordinho dela. Acabei usando só a azul, a rosa tá novinha guardada.

Tudo bem que, por um lado, a joelheira é boa pra ajudar o bebê a “deslizar” melhor, pois o joelhinho em contato direto com o piso tende a travar o movimento e, consequentemente machucar o bebê, mas nada que uma calça qualquer não resolva. Mesmo se tiver calor na época em que o bebê estiver engatinhando (como foi o caso da Giulia), acho que uma calça – fresquinha, nesse caso – é a melhor opção.

Mas prepare-se para ter que esfregar bem a roupa depois, porque suja! Ah, se suja! Haha!

Bom, hoje em dia não gastaria dinheiro com isso, apesar de ser um item barato!

Mas e vocês, o que acham? Usaram/usam joelheiras nos pimpolhos? Gostam?

giulia com joelheiras

Beijos meu e da baixinha!

7 pessoas curtiram.

Psicóloga. Apaixonada por cinema, viagens, gastronomia e decoração. Mamãe da Giulia.

Deixe seu comentário

*