Ensaio Arthur – 4 meses

“Oi, meu nome é Arthur e  eu sou um ursinho. Mas quando eu crescer acho que vou ser médico e vou torcer pro Flamengo!” Coisa mais fofa esse menino né?! Esse ensaio foi feito num dia de frio e sem sol, típico de Curitiba. Mas quem disse que isso atrapalhou as nossas fotos?! A única coisa é que tivemos que ser bem rápidos pois  esse garotinho quis logo voltar pra debaixo das cobertas! Certo ele! haha. 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_01 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_02 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_03 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_04 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_05 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_06 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_07 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_08 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_09190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_10 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_11 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_12 190513_arthur 4 meses_camila_dorazio_13 Espero que vocês gostem do resultado! Quem quiser conhecer meu trabalho e ver fotos de outros ensaios é só clicar aqui.

4 pessoas curtiram.

Ensaio Arthur – 3 meses

Nunca tinha feito ensaios de acompanhamento infantil antes e estou simplesmente encantada com esse trabalho! Como esses bebês crescem e se desenvolvem rápido! De um mês pro outro já mudam muito e ficam cada dia mais gordinhos e risonhos. E o Arthur, sem comentários, coisa mais linda desse mundo! (Ele definitivamente tem uma tia babona né gente?! Haha).

Esse ensaio foi feito numa tarde gostosa na casa da Monica e do Cristian. O Arthur se divertiu muito com essa mamãe! Tomou um banho relaxante e depois tirou uma soneca gostosa. Eu fui logo clicando tudo pra não perder nenhum momento dessa tarde deliciosa e o resultado vocês conferem abaixo!

260413_arthur_camila_dorazio_01 260413_arthur_camila_dorazio_02 260413_arthur_camila_dorazio_03 260413_arthur_camila_dorazio_04 260413_arthur_camila_dorazio_05 260413_arthur_camila_dorazio_06 260413_arthur_camila_dorazio_07 260413_arthur_camila_dorazio_08 260413_arthur_camila_dorazio_09 260413_arthur_camila_dorazio_10 260413_arthur_camila_dorazio_11 260413_arthur_camila_dorazio_12 260413_arthur_camila_dorazio_13

Quer saber mais do meu trabalho? É só clicar aqui!

2 pessoas curtiram.

Minha filha não come!

O bebê é fofo! Mas não é a Giulia não! Hehe.

O bebê é fofo! Mas não é a Giulia não! Hehe.

Preciso dar uma pausa no tema “festa da Giulia” para desabafar um pouquinho com vocês! Quero contar algo que me dá uma dor de cabeça danada: a alimentação dela.

A Giulia nunca foi um bebê guloso, desde que começamos com as papinhas, ela come uma quantidade ridícula de comida. Mas no começo eu não me preocupava tanto, pois acreditava que fazia parte do processo de transição do leite para os sólidos. Achava que a quantidade aumentaria cada vez mais. O problema é que o que tem acontecido é justamente o oposto: ela come cada vez menos!

Parece que estamos regredindo. Apesar de comer pouco, antes ela não tinha o costume de cuspir a comida. Aceitava os alimentos super bem. Inclusive as diferentes consistências de cada um. Eu nunca bati a papinha no liquidificador, sempre amassei com o garfo e aos poucos ia incluindo pedaços cada vez maiores. Só que agora, com um ano, comendo a mesma comida que a nossa, ela resolveu pegar a mania de cuspir o que não quer e tudo o que tem uma consistência diferente de arroz/macarrão com feijão ou purê, ela não quer comer!

Tem dias que dou duas colheradas e ela já não quer mais. Dá um tapão na colher e voa comida pra tudo quanto é lado! Enfia a mão na boca e tira toda a comida que tem dentro! Ou empurra o prato da minha mão e joga tudo no chão! Fico louca!!!! Se tem uma coisa que me tira do sério é isso: Ela rejeitar a comida dessa forma!

Poxa, eu me preocupo tanto com isso, fico pensando no que fazer, procuro receitas na internet, compro alimentos saudáveis, mudo minha alimentação para ela poder comer o mesmo que eu, passo horas (exagerada!) cozinhando, pra quê? Pra ter que jogar tudo fora depois!

Modéstia à parte, até que sai uns quitutes gostosos aqui em casa! Rsrs. Por que será que ela não gosta de comer? Esses dias encasquetei que ela precisava comer coisas diferentes, tava comendo muito legume, verdura, arroz, feijão, lentilha…muito do básico sabe?! Passei a semana fazendo comidinhas diferentes e apetitosas: macarrão com molho de ricota, requeijão e tomate cereja, lasanha de frango, bolinho de arroz assado no forno, estrogonofe de carne, omelete com queijo, cenoura e ervilha, etc. É claro que mesmo as comidas consideradas “mais calóricas e menos saudáveis”, eu faço de um jeito que fique nutritivo e que não seja prejudicial à saúde dela. Não uso muito sal, muito menos sazon, caldos de carne ou outros temperos industrializados, molho de tomate só caseiro, não faço frituras (até batata “frita”, faço no forno), compro queijos com menos gordura, etc. Mas me perguntem se ela gostou de alguma coisa? A única coisa que ela comeu melhor foi o estrogonofe (a parte do molho com arroz, porque a carne ficou de lado), a lasanha ela cuspiu tudo na mesma hora e não aceitou mais nenhuma colherada, o omelete a mesma coisa, o bolinho de arroz então, nem se fala… Pensa na frustração da mãe aqui que fez (e continua fazendo) tudo com todo o amor e carinho do mundo? Dá vontade de chorar!

Antes de passar por essa situação, eu tinha toda uma ideia pré-concebida (ou seria preconcebida?) de como seria a alimentação dela. Faria um cardápio lindo e maravilhoso, conversaria com ela, a deixaria visualizar cada alimento, a deixaria sentir a textura de cada um, até mesmo comer sozinha, não faria aviãozinho ou qualquer coisa que pudesse enganá-la, não daria a comida com a tv ligada! Blá, blá, blá! Discurso cansativo esse hein! Quem pensa e fala tudo isso não tem filhos, só pode! Ou tem mais está longe de passar por essa fase! Porque no dia a dia o buraco é muito mais embaixo. A vida não é tão linda e easy como parece não! Haha!

É claro que comecei fazendo tudo isso aí que eu achava lindo e perfeito e que todos dizem ser o certo! Mas acontece que minha filhota tem uma personalidade forte, se ela não quer comer, ela não quer comer e ponto final!!!!!! Ela faz de tudo para dificultar a tarefa. Mas e aí, como fica? Eu simplesmente aceito e deixo a criatura sem comer?

Então, podem criticar, mas tem dias que tento enganá-la SIM (não com aviãozinho, porque acho meio nada a ver, mas com outras técnicas)!!! Tem dias que ligo a Tv no Discovery Kids. Tem dias que coloco a Galinha Pintadinha no Youtube. E assim sigo na minha luta! Haha.

O que tenho feito e, por enquanto, tem dado super certo (ela aceita umas colherinhas a mais) é fazer o pratinho de comida dela e deixar separado algo pra ela comer sozinha: tomate cereja, um pouco de ervilha (daquelas congeladas, não enlatadas), cenoura cortada no comprimento, levemente cozida, uma arvorezinha de brócolis cozido, ovo cozido (principalmente a clara, pra não fazer tanta caca), etc. Enquanto ela fica entretida com o que tem ali na mão, eu vou tacando comida na boca dela! Hahahaha! O bom é que ela come o que está comigo e o que está com ela! Rs. Claro que não come tudo, mas já é um começo!

Tenho tentando também deixá-la comer sozinha! Esses dias dei o máximo que consegui e depois coloquei a colher e o prato (com o resto da comida) em cima da bandeja do cadeirão. Achei muito fofo, porque ela fez direitinho, colocou a colher no prato e depois a pôs na boca! Mas logo em seguida, colocou a colher de lado e começou a lamber o prato! Hahaha! Foi muito engraçado, até filmei! Ela adorou! Fez a festa! Achei muito fofo! Massss, como nem tudo são flores, quis chorar quando vi a sujeira que ela fez! É o que falo, na teoria é tudo lindo, mas quero ver limpar todo dia uma bagunça dessa! Se fosse só isso, mas e as outras 1.500 tarefas que nós mães temos que realizar? Não dá!!!!!! Então, por enquanto, só de vez em quando encararemos essa aventura de comer sozinha! É claro que esse é um processo de aprendizagem que ela vai TER que passar! E eu vou precisar ter paciência! Mas vamos com calma, ela fez um ano agora, ainda não tem a coordenação motora necessária, então não chegamos nesse momento (Ou será que chegamos? Bom, pelo o que tenho lido, parece que ainda não! É claro que devo estimulá-la, mas parece que ainda sou eu quem devo dar a comida. Mas acho melhor perguntar para o pediatra na próxima consulta)!

O complicado é que ela está numa fase em que muitas técnicas boas para fazer uma criança comer, não funcionam com ela! Por exemplo, chamá-la pra me ajudar a cozinhar (oi?), pedir ajuda para escolher os alimentos no mercado (oi?), variar os formatos dos alimentos, fazer carinhas divertidas ou bichinhos na comida, etc. Ela ainda é muito novinha pra tudo isso! Então fico meio perdidinha.

Mas acho que no fundo eu sei o que interfere tanto nesse processo de alimentação: o mamá! A Giulia tá tipo viciada no peito! Ela pede o peito a qualquer hora do dia! E eu tenho que ficar explicando: “Filha, mamá agora não. Nós vamos papá!”, “Filha, mamá agora não. Você acabou de papá!”, “Filha, mamá agora não. Vamos brincar!”. Afff, cansa! Se ela está com o pai ou qualquer outra pessoa, fica muito tranquila…mal lembra que eu existo e nem pede pelo mamá! Mas se estamos juntas, meu pai amado, é o dia inteiro mamá pra cá, mamá pra lá.

Aí eu penso em desmamar. E penso de novo. E des-penso (Tá, eu sei que essa palavra não existe!). E penso mais uma vez. E não chego à conclusão nenhuma.

Mas qualquer dia faço um post falando mais sobre isso. Muita coisa mudou desde aquele meu último desabafo. Mas por enquanto, deixa eu me lamentar com o fato da Giulia não querer comerrrrrrrrrrrrrrrrrrrr! Hahahaha.

Só eu que passo por isso?

9 pessoas curtiram.

Dica de Filme: Detona Ralph

ralph-vanellopeFinal de semana chegando… Que tal assistir um filme com seu filhote? E que tal assistir Detona Ralph?

Esse é um filme indicado pra família toda! Os mais velhos geralmente adoram pelos personagens de games antigos, nostalgia mode on! Eu particularmente lembrei muito dos jogos da minha infância e adolescência e como era legal, ai que saudade gente! Os mais novos gostam porque também tem alguns personagens de jogos da atualidade e as crianças ficam doidas pelo universo super colorido de Sugar Rush (e eu me incluo nessa também hehe).

Mas vocês acham que o filme é bom só pelos personagens? Nada disso! Além de cenas super engraçadas o filme traz muitas mensagens legais! Como o fato de que qualquer um pode ser um “herói” e que você pode ser muito querido pelas pessoas e  pode ser muito feliz sendo quem você é! O filme também aborda temas sobre cooperação e companheirismo. Outro ponto legal é a questão da determinação e da persistência para alcançar objetivos apesar das dificuldades e apesar de ninguém acreditar em você. Super importante abordar esses temas com os pequenos né?! Melhor ainda se for através do lúdico e que os papais possam curtir junto!

Eu fiquei enlouquecida por esse filme quando assisti, principalmente pela Vanellope (que foi pro fundo de tela do meu computador inclusive! Hehe). Ela é a coisa mais fofa, mais serelepe e mais “zoiuda” desse mundo!  Enfim, esse filme foi pro top 10 da minha lista de filmes infantis! Promete pra mim que vai assistir, promete?! haha

Vou colocar aqui em baixo o trailer e a sinopse do filme pra quem ficou interessado!

“Ralph (John C. Reilly) é o vilão de Conserta Félix Jr., um popular jogo de fliperama que está completando 30 anos. Apesar de cumprir suas tarefas à perfeição, Ralph gostaria de receber uma atenção maior de Felix Jr. (Jack McBrayer) e os demais habitantes do jogo, que nunca o convidam para festas e nem mesmo o tratam bem. Para provar que merece tamanha atenção, ele promete que voltará ao jogo com uma medalha de herói no peito, no intuito de mostrar seu valor. É o início da peregrinação de Ralph por outros jogos, em busca de um meio de obter sua sonhada medalha.”

Um excelente final de semana pessoal, curtam muito cada segundo com seus filhotes!

Uma pessoa curtiu.

Ensaio Marcela – 2 anos

Esse ensaio foi marcado e remarcado algumas vezes por conta do maravilhoso tempo de Curitiba que se recusava a deixar o sol aparecer de manhã, então tivemos que fazer de tarde, bem no horário da soneca da Marcela, não teve jeito, hehe. Foi um desafio mas saiu! Ela pra variar estava muito sorridente e curtiu de montão conhecer um parque novo, soltar bolinha de sabão, brincar com a terra e correr pra lá e pra cá. Os papais Marcielle e Rodrigo acompanharam essa diversão toda com muito amor e carinho, lindo de ver! E o melhor… tá registrado!

Pensem numa menininha serelepe, tagarela e muito feliz! Essa é a Marcela!  Eu tive o prazer de poder registrar toda essa alegria e hoje separei algumas fotos do ensaio pra mostrar pra vocês.

180413_marcela_camila_dorazio_02 180413_marcela_camila_dorazio_03 180413_marcela_camila_dorazio_04 180413_marcela_camila_dorazio_05 180413_marcela_camila_dorazio_06 180413_marcela_camila_dorazio_07 180413_marcela_camila_dorazio_01 180413_marcela_camila_dorazio_08 180413_marcela_camila_dorazio_09 180413_marcela_camila_dorazio_10 180413_marcela_camila_dorazio_11 180413_marcela_camila_dorazio_13 180413_marcela_camila_dorazio_12 180413_marcela_camila_dorazio_14 180413_marcela_camila_dorazio_15 180413_marcela_camila_dorazio_16 180413_marcela_camila_dorazio_17 180413_marcela_camila_dorazio_18

 

 

7 pessoas curtiram.