Aniversário da Giulia Parte III – Cardápio

Queria muito ter feito um cardápio mais saudável para a festa da Giulia, mas infelizmente não tive tempo pra isso! O plano inicial era fazer espetinho de frutas, vários tipos de sanduíche natural, diferentes sucos de frutas naturais, etc. Só que o negócio foi tão corrido que não deu, tive que abrir mão de um monte de coisa! O que me consolou foi o seguinte: Como a Giulia não vai pra escolinha e fez apenas um ano, ou seja, ainda não tem amiguinhos, a festa foi mais pra adultos mesmo! E convenhamos, adultos querem mais é saber de comer coxinha, bolinha de queijo, brigadeiro, etc. Além disso, a Giulia ainda não entende bulhufas desse negócio, ainda não sabe a diferença de um  brigadeiro para uma fruta, por exemplo. Então ela come o que ofereço! Não fica pedindo. E eu não tenho que ficar negando se é algo que não quero que ela coma!

Mas sei que no aniversário de dois anos essa história será completamente diferente! Não vou poder incluir no cardápio algo que acredito que ela não deva comer ou beber. Claro que não serei radical, não farei brigadeiro de mandioca, por exemplo (hahaha), umas besteirinhas de vez em quando não faz mal à ninguém. Mas também não curto entupir a criança de refrigerante, coxinha, empadinha, pirulito, bala, etc. Então, algumas coisas saudáveis terão que ter!!

Em relação à alimentação dela no dia, ela mamou quando acordou, depois tomou café da manhã (não lembro o quê agora), almoçou e comeu uma frutinha de sobremesa. Daí a intenção era oferecer durante a festa suco de laranja integral e um sanduíche de ricota que fiz pensando especialmente nela. E mais tarde, oferecer janta. O que aconteceu: O papai deu um sanduíche e ela devorou (coisa rara). Mas logo depois quis mamar e eu dei (Normalmente não dou próximo às refeições, claro, mas como ela estava muito manhosa e eu queria acalmá-la, pra pelo menos conseguir cantar o parabéns, acabei cedendo). Às sete (ou até mesmo antes, não lembro. Só sei que foi logo depois do parabéns), ela dormiu e acordou somente no dia seguinte. Ou seja, não comeu mais nada! Fiquei toda preocupada dela não ter comido direito e ter dormido com fome! Enfim…mas vamos ao cardápio.

Salgados

  • Encomendei 500 salgados (coxinha, quibe, bolinha de queijo, risóles de camarão, empadinha de frango, mini pizza, esfiha de carne, folheado napolitano). Lembrando que a festa foi para aproximadamente quarenta adultos e cinco crianças (não contei os bebês, é claro!). Então, no total, tinha em torno de 11 salgados por pessoa. Poderia ter feito menos. Mas acho melhor sobrar do que faltar. E sobrou, mas foi devorado tudo no dia seguinte. Fiz a encomenda, por indicação de uma amiga minha, na Panetelli. Achei tudo bem saboroso e fresquinho. Além disso, eles têm um preço super bom. No site (na parte de produtos) dá pra visualizar as opções de salgados e os respectivos valores.
  • Fiz dois tipos de mini – sanduíche: um com pasta de atum (daquelas básicas que a gente costuma fazer, com maionese) e outro com uma pasta caseira de ricota. Fiz ambos com pão de forma. O de ricota, feito especialmente para a Giulia, como falei, fiz da seguinte forma: peguei metade de um pacotinho daqueles de ricota (comprei da marca Boa Nata, que é muito boa) e misturei com um pote de requeijão, uma cenoura ralada bem fina, um pouco de cebolinha, uns fios de azeite de oliva e uma pitadinha de sal. Ficou delicioso!!!!! Eu tinha comprado, na Casa do Confeiteiro, aqueles cortadores para biscoito. Comprei em dois formatos: coração e flor. A intenção era deixar os sanduichinhos com uma carinha diferente, mais bonitinhos! Mas não deu certo. Desperdiça muito pão! Fora que o pão tava se esfarelando…uó! Os primeiros até foram feitos com os cortadores, mas depois começamos a cortar em quadradinho mesmo, com a faca! Bom, se não me engano, fiz aproximadamente 50 mini sanduíches de cada sabor. Sobraram pouquíssimos. O povo curtiu! (Tia Márcia, obrigada por ter me ajudado com os sandubas).
  • Oferecemos também aos convidados Batatas Chips. Compramos alguns pacotes (não lembro quantos, sorry!) e distribuímos as porções de batatas em mini cachepots de papel. Compramos na Big Festas, alguns inteiros rosa claro, alguns de poá rosa claro e branco e outros de listras rosa e branca. O modelo é parecido com esse:

cachepot rosa

Queria ter feito pipoca, cachorro quente…Mas além de ser muita comida, eu morreria dentro da cozinha  pra conseguir dar conta de tudo!

Doces:

  • Encomendei 350 docinhos, também na Panetelli. Escolhi o básico: brigadeiro, beijinho, dois amores, olho de sogra, cajuzinho, bombom de nozes e bombom de morango. Sobrou bastante, primeiro porque o pessoal comeu muito salgado, então na hora dos docinhos não tinha muito espaço sobrando…rs. E segundo porque tinha uma variedade maior de doces.
  • O bolo, assim como os salgados e docinhos, mandei fazer na Panetelli. Fiz apenas três quilos, porque teriam outras coisas e também porque bolo sempre sobra. Fiz 1,5 kg no sabor de brigadeiro com morango e 1,5 kg no sabor de abacaxi com coco. Óbvio que sobrou apenas uma parte do de abacaxi (o de brigadeiro foi todinho!), que estava delicioso por sinal! Deveria ter feito mais de 3 Kg, mesmo sobrando, porque não foi nenhum sacrifício comer essa delícia no dia seguinte!
  • Encomendei também 50 mini cupcakes na BoutiCake. Eles têm um quiosque ali no Shopping Estação. Eu sou completamente apaixonada pelo Cupcake de Prestígio de lá! É meu favorito! Vira e mexe tô comendo essa perdição. Então pro niver da pequena resolvi pedir todos nesse sabor. Mas para minha infelicidade, eles não vieram recheados. Poxa, justo o recheio que é o que mais gosto! Não sei se é padrão os mini cupcakes serem feitos sem recheio ou se foi um erro. Mas se for padrão, seria interessante se eles tivessem me avisado, não é mesmo?? Fiquei chateada! Mas na correria, acabei deixando pra lá. Até hoje não entrei em contato com eles para entender o que aconteceu. Bom, sobraram uns quinze Cupcakes aproximadamente.

para blog

  • Além de tudo isso, fiz os famosos Cakepops (Bolo no palito). Pra quem não sabe, é muiiiiiito fácil de fazer. Veja só esse passo a passo aqui. No meu caso, para fazer os cakepops, primeiro eu fiz um bolo de chocolate que sempre faço aqui em casa, é minha receita favorita, Vou revelar pra vocês (hehe): 

Ingredientes:
1 xícara de chá de açúcar
100 g de manteiga
2 ovos
1 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
½ xícara de chá cacau em pó (uso sempre o Dois Frades da Nestlé)
1 pitada de sal
½ xícara de leite

Modo de fazer:
Na batedeira bata o açúcar e a manteiga até formarem um creme liso. Separe as gemas das claras. Junte as gemas à manteiga com açúcar e bata até ficar claro.
Pré-aqueça o forno por 15 minutos em temperatura média. Bata as claras em neve.
Misture a farinha, o fermento, o cacau e o sal em uma tigela. Junte ao creme batido e mexa com uma espátula.
Coloque o leite e bata com a batedeira, junte a clara em neve e misture delicadamente com a espátula.
Unte e enfarinhe uma forma de bolo pequena. Despeje a massa do bolo na forma com a ajuda de uma espátula.
Leve ao forno e asse por 30 a 40 minutos. Espete com um palito para saber se está bem cozido.

Fica divino!!! Mas dá um bolo pequeno! Como eu não queria fazer muitos cakepops fiz apenas um bolo mesmo. Mas se preferir, dá pra dobrar a receita! Com essa quantidade, consegui 35 bolinhos no palito.

Bom, depois de frio eu esfarelei todo o bolo e juntei um pouco de brigadeiro mole, que preparei enquanto o bolo esfriava. O brigadeiro (que pode ser só leite condensado, Nutella, Doce de leite, etc.) é pra dar liga, tem que ir colocando beeeem aos poucos e mexendo, até conseguir formar bolinhas. Se colocar muito de uma só vez pode desandar tudo, ficar molenga e você perder toda a massa. De cobertura usei chocolate branco fracionado que comprei na Casa do Confeiteiro. Os cakepops ficaram meio feinhos, não sei porquê o chocolate branco rachou em alguns e, além disso, eu acabei não usando o confeito que comprei. Eram umas bolinhas muito duras! Achei que, apesar de bonito, não ia ficar tão gostoso. Então ele ficou bem simples, mas até que gostosinho! Valeu a pena! hehe.

cakepops

  • Fizemos também uma mesa de guloseimas, como acho que já deu pra perceber nessa foto aí de cima. Nessa mesa colocamos os cakepops, chicletes de dois tipos, balas de gelatina, marshmallows e alguns copinhos com mousse de maracujá (também feito por nós). Sobrou bastante coisa daí. O que o pessoal mais comeu foram os chicletes e os cakepops. 

mesa guloseimas

Bebidas

  • Como falei, queria ter feito sucos naturais, mas quem disse que sobrou tempo?! Então, infelizmente, foi o básico mesmo. Todos os tipos de refrigerante (guaraná, coca-cola, Fanta, etc.), água e suco de laranja integral (não vou falar sobre ele agora, porque quero fazer um post falando sobre sucos logo, logo). Só não sei a quantidade que foi, mas se alguém quiser saber, é só me avisar que eu me informo depois.

Acho que foi isso pessoal! Espero não ter esquecido de nada!

Exagerei em bastante coisa, mas ao mesmo tempo, as sobras não foram tão absurdas! Como falei antes, prefiro que sobre do que falte! E é sempre bom ter uns quitutes da festa no dia seguinte pra poder se deliciar. Até porque os anfitriões mal comem no dia. Eu só consegui parar pra comer por volta de onze horas da noite, quando o estômago começou a roncar! Hehehe.

Bom, mas quem quiser calcular certinho, aqui tem uma calculadora bem bacana.

Beijos e até mais!

24 pessoas curtiram.

Psicóloga. Apaixonada por cinema, viagens, gastronomia e decoração. Mamãe da Giulia.

Comentários

  1. Aline Diz::

    Tudo muito lindo !!! Adorei, tb sou mãe de uma princesa de três meses e ja estou pensando na festinha. Dê uma passada no meu blog:http://maedemeninalara.blogspot.com.br/?m=1. Bjusss

    • Priscilla Diz::

      Obrigada Aline!
      Já dei uma olhadinha no seu blog e me diverti bastante com alguns dos seus posts!
      Gostei muito da forma como vc escreve!
      Beijão e Parabéns pela princesinha! 😉

  2. Bruna Diz::

    Olá!! estou pensando em fazer a festa de 1 ano da minha pequena no salao so meu condominio mesmo, minha preocupaçao é a correria pra servir todo mundo sabe? vc contratou garçom o nao?

    • Priscilla Diz::

      Oi Bruna, tudo bem?
      Então…eu acabei não contratando pq, como falei no post, a festa foi para pouquíssimas pessoas (40), todos bem íntimos, “de casa”!
      Contei com a ajuda do marido, padrasto, tia, mãe e fomos servindo a galera! Mas isso no começo da festa, depois deixamos todos à vontade para se servirem! Deu super certo!
      Mas se a festinha da sua pequena for para mais pessoas e você não tiver ajuda de amigos ou parentes, aconselho sim contratar garçom! É complicado demais ter que recepcionar todo mundo e ainda ficar servindo!
      Beijão!

Deixe seu comentário

*