Higiene bucal dos bebês

Hoje eu quero falar um pouquinho sobre a higiene bucal dos bebês. Que fique claro que não entendo “bulhufas” de odontopediatria e nem ouso me aprofundar no assunto, só quero passar a minha experiência como mãe.

Bom, durante a minha gestação e logo após o nascimento da minha filha, a orientação que sempre recebi é que eu deveria me preocupar com a higiene bucal da Giulia desde sempre e para sempre (pera lá, pra sempre é demais né? Só por alguns anos tá filha? Depois passo a bola pra você, ok? rs).

Seguindo as recomendações, logo que ela nasceu eu utilizava uma fraldinha umedecida em água filtrada para retirar qualquer resquício de leite. Confesso que muitas vezes me esquecia de fazer a limpeza e, para não me sentir tão culpada, pensava com meus botões: “ah, ela nem tem dente ainda… não dá nada!” Hahaha. Poxa gente, cuidar de recém-nascido é tenso! Tanta coisa pra fazer: dar mamar, pôr pra arrotar, trocar fralda, dar banho… e, além disso, tantos sentimentos e sensações presentes: cansaço físico e mental, medo, insegurança… Lembrar TODA VEZ de limpar aquela boca banguela é demais, não acham? De qualquer forma, sempre tentei me policiar quanto a isso.

Quando a Giulia tinha aproximadamente três meses, deixei a fraldinha de lado e passei a usar dois tipos de produtos:

Luva de tecido para limpar e massagear a gengiva – ORAL CARE RABBIT – MAM;

oral care

Dedeira massageadora de silicone (Não lembro a marca que compramos, mas é parecida com essa da foto).

dedeira

Foi nessa época que a gengiva dela começou a incomodar, ela babava muito e queria estar sempre com algo na boca. Então, a minha intenção não era apenas fazer a higienização, como antes, mas também aliviar um pouco da coceira proveniente do nascimento dos dentinhos.

Confesso que logo abri mão da luva. Achei um item totalmente dispensável e que tem o mesmo efeito de qualquer fralda de pano. Mas a dedeira foi super útil.

Com cinco meses o primeiro dentinho apareceu e agora, com nove meses e meio, ela já tem sete: quatro na gengiva superior e três na gengiva inferior.

Com o nascimento dos dentinhos, nasceu também uma vontade LOUCA de sair mordendo tudo o que ela vê pela frente. E foi aí que tive que abdicar da bendita dedeira. A cada tentativa de limpar aquela boca não-mais-banguela, era um belo de um NHAC que eu recebia! Pensem numa dor! Vai ter dente afiado assim lá na esquina!

Comprei então uma escova de dente para bebês. Resolveu o problema das mordidas, mas agora ela decidiu arrancar os tufos da escova. Oh Lord! A escova tá ficando cada dia mais fina, coitada! Haha.

Bom, a que estamos usando é essa aqui da MAM! Simplesmente adoro!!!! Ela é ótima e pode ser usada a partir dos seis meses!

escova mam

Até um tempo atrás eu não usava nenhum creme dental, mas o pediatra da pequena disse que já era hora de começar a usar um sem flúor. Ele indicou o Malvatrikids Baby e é esse que estamos usando no momento. Coloco uma quantidade mínima, só para “sujar” mesmo a escova.

malvatrikids

É um parto conseguir escovar decentemente os dentinhos dela! Ao invés de abrir a boca, ela agarra com tudo a escova e fica chupando a pasta. Também né, quem não gosta de pasta de dente com gostinho de Tutti-Frutti? Delícia! Hahaha. Mas, aos trancos e barrancos, choros e resmungos, mordidas e arrancadas de tufos, a escovação sai! Ufa! Faço duas vezes ao dia, uma depois do almoço e outra antes de dormir.

Morro de medo de cárie, então agora, diferentemente da fase em que ela não tinha dentes, eu tento seguir bem certinha a rotina de higiene bucal. É chatíssimo, dá uma preguiça danada, mas faz parte do pacote né gente?! E esse é só o começo, hehe!

Mas antes de finalizar esse post, quero falar da importância de usar um creme dental sem flúor. A ingestão excessiva de flúor pode causar fluorese, uma alteração que pode formar manchas brancas nos dentes e acarretar problemas mais graves, como perdas nas estruturas dentárias e porosidade. Como os bebês engolem o creme dental durante a escovação, se torna extremamente necessário usar um que seja próprio para bebês e, consequentemente, não tenha flúor na sua composição. Fica a dica! 😉

E na casa de vocês, têm travado uma batalha diária na hora de escovar os dentinhos? E o que vocês costumam usar? Contem tudo!

8 pessoas curtiram.

Dicas de Lembrancinhas para Chá de Bebê

Quem está preparando seu chá de bebê e ainda não pensou nas lembrancinhas pode ser que esse post dê uma luz!

Eu dei uma pesquisada em algumas sugestões pensando no chá de bebê onde a maioria das convidadas são mulheres adultas. Mas algumas dessas lembrancinhas podem ser usadas como lembrança de nascimento, batizado e até mesmo de aniversário. Não curto muito aquelas lembrancinhas tipo neném/chupeta/fralda de gesso, íman de geladeira ou enfeitinho que a maioria das pessoas acabam jogando na gaveta. Não adianta a gente ficar pensando que a pessoa vai guardar a lembrancinha pra sempre porque não vai, eu mesma não faço isso (amigas não fiquem bravas comigo! haha). Eu sou daquelas que gosta de dar (e receber) lembrancinhas úteis, que as pessoas consumam ou usem por algum tempo. Você usa e depois só guarda a tag que, por ser um papelzinho, não ocupa nada de espaço.

Então vamos às dicas. A primeira é Tic Tac personalizado. Acho que a maioria das pessoas leva uma balinha na bolsa, achei muito legal, fofa e útil essa lembrancinha.

tictacpersonalizado

Bloquinho de anotações são super úteis também, muita gente também leva na bolsa ou deixa perto do telefone em casa.

bloquinho Quando eu olhei pela primeira ves essa lembrancinha achei meio estranha, mas pensando melhor pode ser MUITO legal. Quem não precisa de um álcool em gel na bolsa pra higienizar as mãos quando não temos como lavar as mãos com água e sabão,  até mesmo antes de pegar um bebezinho?! É útil minha gente, acreditem!alcoolemgel Mini aromatizador é bem legal também, quem não gosta de um ambiente cheirosinho?! Nessas lembrancinhas com aroma acho que não precisa necessariamente ser cheirinho de bebê, pode ser com aroma de morango, baunilha ou o que você achar mais agradável.mini-aromatizador-personalizadoProtetor ou hidratande labial é demais gente, eu pelo menos uso muito! E fica uma graça né?!
protetor labial Vela aromatizada também é uma dica legal, essas coisas com cheirinho são bem legais em geral!vela aromatizada Sachê pra colocar nas gavetas e no guarda roupa, acredito que as pessoas usem muito também. Quem não gosta de um cheirinho bom nas roupas?!sache Brigadeiro de colher, dispensa comentários né?! Maravilhoso! hehepote brigadeiro Hidratante para mãos ou corpo, além de uma embalagem fofa é pequenininho e cabe em qualquer lugar. Ótimo para levar na bolsa!hidratante O que eu mais gostei nessa lembrancinha foi a embalagem, muito bonitinha! Vi por aí ela contendo hidratante para mãos ou hidratante labial. Depois a pessoa pode usar a embalagem pra guardar uma sombra em pó ou encher novamente com um creminho.crememaos Barra de chocolate personalizada também é muito legal porque agrada quase todo mundo e é lindo demais né?!chocolate personalizado Caixinhas com bombom ou balas. Essa também gostei bastante da embalagem, e você pode usar a criatividade e inventar o que quiser pra colocar dentro dela! Mas bombons ou balas vão bem heim?!caixinhadebombom Bisnaga de brigadeiro é super gostoso e fica lindo também!bisnagabrigadeiro Latinhas personalizadas. Vi essas latinhas com várias coisas dentro, sabonetinhos, velas, confete… Você pode colocar  que quiser que fica uma graça!latinhapersonalizada Tubetes estão sendo muito usados, principalmente com confete. Mas já vi com amendoins doces, fica lindo também!

tubete-acrilico-contendo-confetti

Gostaram das dicas mamães? Vocês tem alguma outra ideia de lembrancinha? Conta aí pra gente!

 

29 pessoas curtiram.

Iogurte na alimentação dos bebês

Iogurte com frutas

Quando a Giulinha completou seis meses de idade, a pediatra liberou a introdução do iogurte na alimentação dela. É claro que não qualquer iogurte e sim o natural e integral.

No começo eu oferecia o iogurte puro mesmo, ela fazia uma caretinha mega engraçada, mas engolia e pedia mais.

Com o passar do tempo eu fui misturando o Iogurte com alguma fruta e o negócio foi se tornando cada vez mais “profissa”. Hahaha. Até eu passei a tomar o restinho de iogurte que sobrava no lanche da tarde. Pensem num lanchinho delicioso, nutritivo e natural…tem coisa melhor?!

Bom, as combinações são infinitas, mas acho que as mais bacanas são:

  • Iogurte + Banana
  • Iogurte + Banana + Maça
  • Iogurte + Mamão
  • Iogurte + Banana + Mamão
  • Iogurte + Banana + Mamão + Maça
  • Iogurte + Manga

Outras frutas que podem ser usadas: abacate, pêra, morango, (após um ano de idade), ameixa, etc.

É possível fazer de duas formas: amassar as frutas e misturar o iogurte ou bater tudo no mixer ou liquidificador (é o que faço normalmente).

É claro que para os pequenos são se deve adoçar. E, de vez em quando, fica gostoso também colocar um pouquinho de aveia.

Aqui em casa nós adoramos!!!!!

Mas uma dica quentinha que quero passar pra vocês é transformar essa mistura de iogurte com frutas em um delicioso sorvete! Basta despejar a mistura em uma forminha para picolé (ou até mesmo em um copo de plástico com palitinho) e colocar no congelador!!! Fica uma delícia!

Em relação à quantidade, na verdade eu faço “de olho” ou “gosto” (rs), vou provando até achar um equilíbrio entre os ingredientes.

De qualquer forma, aí vai uma receitinha pra vocês:

Sorvete de Iogurte Natural e Manga

Ingredientes:

  • 1 copo de iogurte natural
  • 2 mangas maduras, sem casca e picadas

Modo de preparo:

Deixe a manga por algumas horas no freezer até congelar bem. Bata a fruta no liquidificador com o iogurte até obter uma mistura cremosa. Distribua a mistura em forminhas e leve novamente ao freezer ou distribua em taças e consuma assim mesmo.

Delícia né pessoal?

Bom, é importante ressaltar que não é aconselhável oferecer iogurtes de frutas industrializados para bebês, por possuírem corantes, açúcar, etc, etc, e etc.

Em relação ao Danoninho, já ouvi falar que só é indicado para crianças acima de três anos. Tentei achar essa informação no site da Danone, mas não consegui. De qualquer forma, mandei um e-mail para eles perguntando a partir de quando ele é liberado. Ainda não recebi a resposta, mas assim que receber eu venho aqui pra contar pra vocês.

É isso pessoal, usem e abusem do iogurte natural! 😉

12 pessoas curtiram.

Riconauta: roupas personalizadas para meninos

Hoje a dica é para as mães de meninos! Sim, eles também podem ter roupas personalizadas, descoladas e fofas, porque não?! A Riconauta é uma empresa do Espírito Santo que faz esse tipo de trabalho. Tem uma peça mais linda que a outra! Tem camisetas, regatas, pólos, bermudas e até camiseta surfista. Mas eu me apaixonei mesmo pelas cuequinhas, que coisa mais fofa! Eu que sou doida pra ser mãe de menino já fico imaginando o meu (futuro) baby usando uma dessas! Dá vontade de comprar e deixar guardado haha. Mas não Camila, contenha-se pra não assustar o noivo!

rico rico surfista bermuda polo cueca O legal é que a Riconauta entrega pra todo Brasil e trocam o produto caso seja necessário. Você pode adquirir a sua peça personalizada na loja virtual deles clicando aqui.

Só lembrando que esse não é um publieditorial. Nunca comprei nessa loja (mas compraria fácil fácil) e não conheço a qualidade dos produtos, apenas achei a coisa mais fofa do mundo! haha

Mais uma lojinha que conheci pela Cogumellow.

4 pessoas curtiram.

Maizena para o tratamento de assaduras

Maizena para assadura

Hoje quero falar um pouquinho sobre o uso da tão famosa Maizena para o tratamento de assaduras nos pequenos.

Durante vários meses minha filha sofreu muito com as malditas assaduras! E eu, como mãe, sofri junto, é claro! Antes de engravidar eu achava que o bumbum do neném só ficava assadinho por descuido da mãe! “Ela deve demorar um monte pra trocar a fralda, só pode!”, “Viu, quem manda usar lenço umedecido”, “Que mãe desnaturada. Aposto que não usa pomada para prevenir a assadura”. Hoje tenho pena das mães que critiquei mentalmente! Haha! Pensamentozinho totalmente equivocado esse meu! É claro que existem mães e mães. Algumas realmente não tomam os cuidados necessários e acabam contribuindo com o surgimento das assaduras. Mas não dá pra generalizar!

Sabem quando o cuspe cai na testa? Então! Eu sempre fui bem certinha. Nunca deixei a Giulia por muito tempo com a fralda, sempre troquei a cada mamada, mesmo de madrugada, sempre sequei bem o bumbumzinho e, até os sete meses, só usava algodão com água morna para fazer a limpeza! E mesmo assim, frequentemente a Giulia tinha assaduras! Meu Deus, que sufoco! Tentamos de tudo! Mas ela tinha uma sensibilidade maior, fazer o quê?! (TINHA, graças à Deus faz muito tempo que isso não acontece).

Lembro que muita gente dava pitaco! No bom sentido, é claro! Nos indicaram várias pomadas diferentes, nos disseram pra deixar a baixinha sem fralda por alguns minutos durante o dia e MUITA, mas MUITA gente nos indicou passar Maizena!

Sempre escutei falar da Maizena, mesmo antes de me tornar mãe, mas confesso que duvidava um pouco do seu poder! Hehe! Então, antes de testá-la, achei mais prudente perguntar à pediatra o que ela achava! E pra minha surpresa ela disse que o negócio era bom mesmo! Hehe.

A minha maior dúvida era como usá-la! Já escutei mãe falar que coloca a Maizena na água do banho, mãe que passa no bumbum do bebê como um talco (sem a pomada), mãe que passa a pomada e depois, por cima, a Maizena… Tem de tudo!

Mas a pediatra me orientou fazer o seguinte: Colocar num potinho (limpo e esterilizado) metade de um tubo de pomada para assadura, de preferência a Dermodex Tratamento (Nistatina + Óxido de Zinco), um pouco de Maizena e um pouco de Óleo de Amêndoas. Misturar tudo e formar uma pasta. Ela não disse a quantidade exata de Maizena e de óleo, mas fui colocando aos poucos e misturando… A intenção era formar um creme. Tem que ficar com a consistência de uma pomada mesmo, nem muito espessa, nem muito “molenga”! Essa mistura era pra usar a cada troca de fralda, principalmente na última troca antes dela dormir, que é o maior período que o bebê fica com uma mesma fralda.

Bom, segui todas as recomendações. Passei a pastinha à noite e de manhãzinha… voilà!!! A assadura tinha sumido!!!!!!!!!!!

Não é que o tal do amido de milho é power mesmo!!!!!! Fiquei toda boba, é claro! Hehehe! Só quem é mãe sabe como é sofrido ver o filho todo assadinho!

Bom, gente…então, podem confiar! A Maizena é boa mesmo e faz toda a diferença!

Fica a dica.

P.S.: Antes que alguém diga que foi a Nistatina que resolveu o problema, eu já estava usando essa pomada há vários dias e NADA do problema ser resolvido! Mas eu a indico mesmo assim, é uma ótima pomada e, por mais que dessa vez não tenha dado resultado, já melhorou muitas assaduras da pequena.

51 pessoas curtiram.