10 coisas sobre o pós-parto que ninguém me contou!

pós parto

Existem alguns sintomas do pós-parto, tanto imediato quanto tardio, que eu adoraria ter ficado sabendo antes da minha filha nascer, mas que ninguém me contou! Então, nada mais justo que compartilhá-los com vocês. Lembrando que a minha experiência foi de um parto cesariano.

1.    Tremor

Logo que saí da sala de cirurgia comecei a tremer muito. No começo foram os braços e as mãos e, posteriormente, as pernas. A tremedeira durou algumas horas. Segundo os médicos e enfermeiras, esse era um dos efeitos da anestesia.

2.    Inchaço nos pés

Dois dias após a cesárea meus pés se transformaram em dois pãezinhos. A explicação que obtive é que o inchaço ocorre pelo aumento da retenção de líquido no pós-parto e pela grande ingestão de soro fisiológico e remédios. Lembro que para diminuir o inchaço, tentava deixar as pernas e pés elevados e, além disso, fazia massagem (pedia para o marido, na verdade! Nada mais justo né? Hehe). Meus pés demoraram alguns dias para desinchar, menos de uma semana.

3.    Dificuldade para evacuar

Nos dois primeiros dias tive muito dificuldade em ir ao banheiro fazer número dois. As enfermeiras falaram que era normal o intestino ficar mais lento. No terceiro dia consegui fazer um pouco, mas morri de medo de fazer força e estourar os pontos internos. O psicológico acabou interferindo bastante e depois disso fiquei vários dias sem ir ao banheiro. Um sofrimento.

4.    Gases

Como pode ter tanto acumulo de gases no pós-parto? Que coisa! Hahaha! Como a eliminação tem que ocorrer naturalmente, dá-lhe andar nos corredores do hospital!

5.    Barriga mexendo (como se ainda tivesse um bebê lá dentro)

Que sensação mais esquisita! “Será que esqueceram um bebê aqui dentro? Eram gêmeos e eu não estava sabendo?” Pensava eu com meus botões! Haha. Provavelmente eu tinha essa sensação por conta das contrações e involução do útero, fora o fato dos demais órgãos estarem voltando ao lugar.

6.    Sangramento

Para quem não menstruava há nove meses, ter sangramento intenso e ser obrigada a usar um baita de um absorvente, não foi nada fácil! Não lembro exatamente, mas acho que meu sangramento durou aproximadamente três semanas. Mas quem não passou por isso ainda, não se assuste! É completamente normal, apesar de chatíssimo!

7.    Dor e dificuldade para urinar

Tive muita dificuldade de fazer o primeiro xixi após a cirurgia, mas graças à Deus não precisei usar sonda. Toda a vez que urinava sentia uma dorzinha no final. Sabem aquela dor de infecção urinária?! Meu médico disse que era normal e que com o tempo iria passar. Mas a dor persistiu por quinze dias. Fiquei super preocupada de se tratar de uma infecção mesmo, mas não era! Efeito do pós-parto cirúrgico mesmo!

8.    Barriga dormente

Perdi, por alguns meses, a sensibilidade na região onde foi feito o corte da cesárea. Era super estranho tocar na minha barriga e não senti-la direito. Mas isso é super comum em cirurgias, não só em cesáreas, pois com o corte há ruptura de algumas estruturas nervosas. Com o tempo melhora.

9.    Barriga flácida

O que me contaram é que após o parto a barriga continuava grande, como se você estivesse grávida de cinco/seis meses. Comigo isso não aconteceu. É claro que nos primeiros dias ela ainda estava inchada, mas não chegava a parecer barriga de grávida. O que me incomodou e ninguém me contou é a flacidez da dita cuja. Gente, eu não sou idiota e ingênua, é óbvio que eu sabia que a barriga ficaria flácida após o parto, afinal há um estiramento muito grande dos músculos e da pele. Mas eu não imaginava que a flacidez seria tão absurda! A barriga fica mole, nojenta, tipo essa aqui da Katie Holmes (Hahaha! Coitada!):

flacidez pós parto

Ou essa do Adam Sandler no filme Click:

barriga flacida

Só notei que a flacidez começou a diminuir cinco meses depois do nascimento da pequena. Hoje em dia, dez meses depois, está beeeeem melhor, mas ainda preciso de algumas abdominais.

10.  Tristeza e vazio existencial

Não chega a ser depressão pós-parto, é o tal do baby blues. Nos primeiros dias dá uma tristeza! Mas não é só tristeza, é medo, estranhamento, vazio, solidão… Tudo junto e misturado! Lembro que eu chorava igual uma manteiga derretida!

baby blues

95 pessoas curtiram.

Psicóloga. Apaixonada por cinema, viagens, gastronomia e decoração. Mamãe da Giulia.

Comentários

  1. Ana Paula Diz::

    Oi Pri…ó eu aqui…Meu chá de Bebê foi um sucesso, coisa mais linda do mundo…Agora é só me preparar pro parto do Léo…Parto esse que não sei de que forma fazer 🙁 Fiz uma eco ontem e ele já está cefálico (cabeça pra baixo)…Poderia tentar um parto normal…A minha primeira filha nasceu assim, rsrs, de parto “anormal”…mas a recuperação foi tão legal que dá vontade de passar por tudo aquilo de novo, sem tremores, sem anestesias, sem cortes, cicatrizes e possíveis sondas pra fazer xixi, porém na hora h e sei ke vou chorar e dizer, pq não optei pela cesarea? rsrsrs….é uma escolha mto difícil, principalmente pq meu médico não acompanha parto natural =( ele é extremamente cesarista e só percebi isso agora, chegando perto da hora do bb nascer…E agora amiga, oq eu faço? Como tomo essa decisão? Parto Natural dói e tem vários detalhes chatos a se comentar como por ex. lavagem intestinal e hemorroidas rs :/ Mas depois é super tranquilo, já a cesarea pleo que ouço falar tem umas coisinhas chatas como as que vc citou acima, mas a tranquilidade na hr do parto super vale a pena…enfim, não sei oq fazer da vida….

    • Priscilla Diz::

      Oi Ana!!!! Que bom que deu tudo certo no chá do Léo! É um momento tão gostoso né? Fiquei até com saudades do chá da Giulinha!
      Puxa amiga, a decisão do parto é algo tão pessoal! Difícil falar qquer coisa…o que posso te contar é um pouquinho da minha experiência! Bom, eu sempre quis parto normal, mas no final da gravidez meu médico me convenceu a fazer uma cesárea…por N motivos: nada de dilatação, contração, pressão subindo… E eu, inexperiente no assunto e ansiosa demais em ter a pequena nos braços, acreditei que aquilo era o melhor pra gente! Na verdade não tenho do que reclamar, minha recuperação foi ótima, não senti dor, e a cicatrização perfeita! Mas pesquisando mais sobre o assunto descobri que fiz uma “desneCESÁREA”! Com certeza meu médico, mesmo tentando não demonstrar no início, é um típico cesarista!
      Fiquei com essa estória entalada na garganta…queria ter tido a experiência de parir minha filha e até mesmo sentir todas as dores do parto! Sem contar na recuperação, apesar de ter sido muito tranquila pra mim, como acabei de te contar, achei horríveis alguns sintomas pós-parto, como esses que relatei no post e odiei a cesárea por isso!
      O próximo filho tentarei normal até onde puder e já sei até o médico que devo procurar!
      Preciso passar por essa experiência sabe Ana? Sei lá…não acha que o parto define o tipo de mãe que seremos e não critico a escolha de ninguém, seja por cesárea, parto normal, natural na água, etc. Só sei que ainda não digeri a cesariana q fiz.
      Mas siga seu coração amiga! No fundo só vc sabe o que é melhor pra vc e seu pequeno (claro, se estiver tudo ok e favorável para ambos os partos!). E não se culpe pela sua escolha! É mto ruim…eu tento não me culpar, mas é difícil!!!! hehehe.
      De qquer forma, dou graças à Deus de ter dado tudo certo…eu estou bem e a Giulia linda e saudável! 😉
      Não sei se te ajudei ou deixei mais confusa! Hahahahaha! Mas entendo como vc está se sentindo…como isso me angustiava no final da gravidez!
      Mas me diz uma coisa, pra quando tá previsto o nascimento do Léo mesmo?
      Assim que decidir sobre o parto vem correndo me contar tá??? hehehe…Independente da tua escolha torço muito por vcs! Que seja tudo perfeito e inesquecível!
      Beijoss

  2. Tatiane Diz::

    kkk…. Prisiclla, adorei o post!!! Morri de rir na parte da barriga, especialmente pelas ilustrações que colocou, kkkkkk….. Nao tinha lido nada assim ainda…. estou no quinto mês e eh bom saber o que me aguarda depois!!! um abraço!

  3. Náy Diz::

    Uma das coisas que mais me preocupa em relação ao pós parto é que justamente essa questão da barriga mole.Tenho amigas que tiveram filhos há anos e até hoje, nada da barriguinha de antes.

    • Priscilla Diz::

      Pois é Náy, ninguém merece ficar com barriga mole! Hahahaha!
      Mas isso é mais nos primeiros meses, pelo menos comigo foi assim! Depende muito de mulher pra mulher né?
      Mas a tendência é ir voltando ao normal com o tempo!!!
      A minha está bem melhor, mas não 100%!
      Beijos

  4. Ana Paula Diz::

    Entro na 38º semana dia 19 de março e meu médico quer marcar uma cesárea para dia 25…estarei entrando na 39º….Ou seja, meio difícil entrar em trabalho de parto antes dessa data, a Evelyn nasceu com 41 semanas, quase 42 :S bem madurinha rsrsrsrrsrs… O fato é que meu médico deixou claro que ele não acompanha parto normal e que se eu optar por isso, ele vai me indicar outro GO pra eu terminar meu pre natal…=(
    Meu marido e minha mãe são a favor de cesárea….Minha mãe diz que já tive a experiência e que sei bem que parto “normal” é mto bonito sim, na teoria e que não preciso me submeter a isso de novo =O
    Meu marido diz que nada no mundo pode ser mais legal do que sair de casa de malinha pronta, se fotografando e dando tchau pra td mundo na rua….e tbm, ele quer fotografar e filmar esse momento e por isso, acredita que na cesarea seja mais adequado levar uma equipe que faz essas coisas =O
    Tenho consulta amanha dia 15 de fev e é amanha que tenho que dar a resposta pro médico…=/ tô meio angustiada, pq na vdd acho que eu meio que idealizei um parto legal, mas não um parto programado, sabe como? Tipo, se entrasse em trabalho de parto blz,ia lá e paria naturalmente, se desse 40 semanas e eu me visse de saco cheio ia lá e falava, vamos dotô, vamos pra faca pq cansei da barrigona…Não tô curtindo a idéia de marcar data e hora pra parto…Mas msm com td isso, como disse minha mãe, parto natural ou normal, é lindoo de morrer, na teoria, pq na pratica é cheio de coisinhas nas entrelinhas ke tiram um pouco da beleza do negócio rsrs, e essas entrelinhas me assustam e me fazem pensar na cesárea sim….enfim, como vc pode perceber, tô bem perdida, só queria poder tomar essa decisão mais adiante entende…estou só com 33 semanas….aliás, com qtas semanas vc decidiu pela cesárea e marcou a sua?

    • Priscilla Diz::

      Puxa Ana, ter que mudar de obstetra a essa altura do campeonato é complicado hein?!
      Mas me diga uma coisa, independente do teu médico ser cesarista ou não, você confia nele? Porque acho que no fundo, no fundo, seu coraçãozinho já fez uma escolha! Basta escutá-lo! Hehe!
      Realmente a cesárea tem váriosss pontos positivos! Eu fiz unha, depilação e escova um dia antes, saí pra tomar café da manhã no dia e cheguei linda e faceira no hospital! Hahahaha! Não suei, gritei e nem me descabelei! rsrs.
      Mas é o que eu te falei, de qquer forma sinto que preciso da experiência de um parto normal. Como mãe e mulher, preciso desse desafio! Coisa de doida mesmo, eu sei! Na verdade, não sei porque tenho isso dentro de mim, mas tenho e vou lutar para que dê certo com o próximo baby!
      Mas acho que vc está numa fase e numa “vibe” diferente da minha! Hehehe! É o que sua mãe falou, você já passou pela experiência do parto normal. Talvez você esteja se sentindo mais confortável e segura com a experiência de uma cesariana nessa gravidez! E ninguém pode julgar isso!!!
      Bom, mas não quero ficar te influenciando a nada! hahaha! Como falei amiga, escuta teu coração!
      A cesárea da Giulia marquei com quase 39 semanas e ela nasceu com quase 40. Mas acho que se fosse normal, ela teria nascido com 45. Hahahahahahahaha! Muito preguiçosa! 😉
      Beijo Aninha!

    • Ingrid Diz::

      Poxa, Estou na mesma que você, Ana Paula.
      A minha OB faz parto normal, o que é um ponto a favor, e eu sempre quis normal, tenho horror a cortes e pontos. Mas as tais das entrelinhas, que discuti com a OB essa semana, me deixaram com um pézão atrás. Sou umas das primeiras do círculo de amigas a engravidar, e a única outra mamãe ganhou de cesárea, então eu não tenho um insight real, sabe?? Estou nervosíssima e super em dúvida. Sorte que ainda tenho aí 2 consultas antes de dar a resposta, pq só chego nas 40 semanas em meados de Maio.

      PS: Adorei o site, já favoritei e vou voltar!

      • Camila Diz::

        Que bom que você gostou e favoritou nosso blog Ingrid!
        Beijinhos!

      • Priscilla Diz::

        Oi Ingrid! Nossa, é uma decisão muito difícil né?
        Como eu falei pra Ana Paula, eu sempre quis normal! Como não consegui com a Giulia, tentarei no próximo baby!
        Sou como vc, tenho horror a cirurgia!
        De qquer forma, minha recuperação foi ótima! Não senti dores e não tive nenhum tive de inflamação na cicatriz!
        Quando decidir, vem contar pra gente tá?
        Beijo grande!

  5. Janaina Diz::

    Nossa Pri me identifiquei muito com o que vc escreveu, eu tb sempre quiz parto normal, mas infelizmente apesar de ter dilatação estava muito inchada e minha médica com medo da pressão subir decidiu não esperar com 39 semanas e 4 de ditalação como eu queria muito e minha médica é super favoravél ao parto normal, acabamos induzindo fui até onde deu 7 horas tomando soro e tendo contarções mas a preguiçosa não queria sair, e como seus batimentos foram caindo tivemos q fazer cesaria, mas igual vc disse as vezes me pego pensando será que não deveria ter esperado, e o meu ainda foi pior pq apesar de ter feito depilação as unhas etc, etc pasei 7 horas gritando suando rsrsrsrs, para ela não nascer naturalmente mas pelo menos eu tentei, mas eu também sinto que falta está experiência na minha vida se eu tiver outra vou tentar normal ( louca né), apesar de a recuperação ter sido tranquila ( quer dizer tb tive todos esses sintomas) . Bjus

    • Priscilla Diz::

      Oi Jana!!! Puxa, vc quase chegou lá então né? Que pena que não deu certo…ainda mais depois de todas as dores!!! hehehe
      Mas vc tentou, fez sua parte! E o importante é que sua filhota nasceu saudável! 😉
      De qquer forma, fica um sentimento de frustração né?
      Mas se Deus quiser, no próximo (se tivermos) conseguiremos nosso parto normal!
      Beijo grande!

  6. Ana Paula Diz::

    Oi Ingrid, vc viu que situação né? Por hora marquei a cesárea, rsrsrs, seja oq Deus quiser, bjos 🙂

  7. dinelia Diz::

    o que vc gostaria de ter ficado sabendo antes do teu filho nacser que ninguen te contou antes

Deixe seu comentário

*